Saúde & Bem-estar

Problemas… cabeludos!

Toda gente (ou grande parte de nós) sonha em ter um cabelo saudável e bonito. Existem, portanto, alguns hábitos que adotamos como parte dos cuidados que lhe dirigimos… Mas será que estamos a fazer bem ou ainda estamos a fazer pior?

Confiram alguns hábitos bastante comuns que podem estar a prejudicar os vossos belos cabelos:

Não o cortar com frequência

Isto acontece com muitos de nós, mas aqueles que têm cabelos encaracolados têm ainda mais tendência para “deixar andar” visto que os “danos” podem estar mais disfarçados. Neste tipo de cabelos, onde os nós se podem formar com mais facilidade e a escova não é passada com tanta regularidade é especialmente importante fazer uma visita ao salão de cabeleireiro – se cortarmos os nossos cabelos com relativa frequência, eliminamos as pontas duplas e secas, o que possibilitará que os nossos cabelos cresçam de uma forma mais saudável.

Pintar em casa

O conceito DIY (Do It Yourself) é, sem dúvida, uma tendência. Mas no que ao cabelo diz respeito, por favor, esqueçam! Há coisas que devemos mesmo deixar para quem sabe! O que muito provavelmente acontecerá é que vão precisar de ir ao salão… consertar o que fizeram! Se querem mudar o visual ou fazer manutenção da cor, dirijam-se ao/à vosso/a cabeleireiro/a – é uma solução onde ficam os dois a ganhar, com certeza!

Pentear o cabelo ainda molhado

Os nossos fios de cabelo ficam mais frágeis quando estão molhados, podendo assim partir com muito mais facilidade. Ao passar a escova ou pente nesta altura muito provavelmente vão quebrar centenas de fios de cabelo – assim, o melhor mesmo é recorrer ao secador, usando sempre um protetor térmico.

Tenham também em atenção que, quando escovamos o cabelo, ficam presas na escova diversas partículas de pele morta – o ambiente perfeito para que diversos tipos de bactérias se acumulem e que, posteriormente, podem acabar no nosso couro cabeludo. Nojento, não? É, portanto, imperativo higienizarmos as nossas escovas e pentes regularmente.

Ah, e nem pensem em dormir ou apanhar com um elástico os cabelos molhados – com o couro cabeludo húmido e quente, podem surgir fungos e micoses, principalmente em pessoas com tendência à formação de caspa.

Lavar com muita regularidade

As glândulas presentes no nosso couro cabeludo são responsáveis pela produção de óleos essenciais para a saúde dos nossos cabelos. Quando o lavamos (principalmente com água muito quente) podemos eliminar esses óleos, o que fará com que o cabelo fique seco e que quebre com mais facilidade. O ideal é lavar o cabelo duas vezes por semana (três caso seja muito oleoso).

Não usar condicionador/máscara

Estes são produtos que formam uma película protetora à volta dos fios, diminuindo a desidratação dos mesmos. Alguns produtos também contêm ingredientes que podem ajudar a reduzir o impacto das lesões causadas pela poluição, secador, ferros e pranchas, tornando os cabelos mais fortes e resistentes.

Para além disso, estes produtos deixam os nossos cabelos mais macios, fáceis de pentear e com menor propensão à quebra e pontas duplas. Só coisas boas!

Esqueçam, no entanto, os shampoos dois em um: são dois produtos com propósitos completamente diferentes. O shampoo limpa, o condicionador hidrata. Simples, certo?

Escovar o cabelo muitas vezes

A lenda já vem do tempo das nossas avós: se escovarmos o cabelo 100 vezes antes de dormir, ele crescerá mais e mais forte! Bem, para além de eu provavelmente adormecer antes de terminar, 10 a 20 repetições por dia são o suficiente para que, através da escovagem, se ative a circulação e para que os tais óleos que falávamos há poucos, muitas vezes concentrados na raiz, se espalhem pelos fios. Atenção que o “truque” é bom para quem tem cabelos secos ou normais, mas deve ser evitado por quem tem cabelos mais oleosos.

Uma outra dica: nunca escovem o cabelo a partir da raiz, já que tal pode criar nós e acabará por puxar muito os fios. Comecem pelas pontas e vão subindo até ao couro cabeludo.

Usar penteados muito “apertados”

Os “rabos de cavalo” muito apertados, quando usados muitas vezes e durante muito tempo, podem danificar o cabelo por estarem a repuxar constantemente a raiz.

Deixem o cabelo respirar e vão variando o tipo de penteado: um dia solto, outro dia apanhado mais em cima, outro mais em baixo… Não faltam ideias na internet: inspirem-se!

Redes Sociais - Comentários

Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

Close
Close