Saúde & Bem-estar

O cristal e a confiança

Quando eu era mais nova,  ouvi a seguinte frase, que muito me marcou: “confiança é como uma taça de cristal; quando se quebra, é impossível  juntar os pedacinhos”.

É bom ter isso em mente antes de tomar decisões com a cabeça quente ou o coração cheio de raiva.   Esses sentimentos negativos podem nos cegar e fazer com que tomemos atitudes das quais nos arrependeremos  mais à frente, principalmente quando afetar pessoas que mantém uma ligação familiar, fraternal e quiçá profissional conosco. É preciso entender que a confiança é um cristal que temos que cuidar com unhas e dentes, porque ela é extremamente  frágil.

Vivemos num mundo em que a confiança é sentimento banalizado. Atualmente, com a tal das “relações líquidas”, o amigo ou companheiro de hoje pode ser substituído por outro amigo ou companheiro de amanhã, e isso acontece com todo tipo de relacionamento: entre amigos, amantes, familiar e profissional. E, assim vamos passando pela vida, achando que podemos trocar  pessoas como coisas, fazendo o que bem entendermos, sem respeitar algo tão profundo como o fato de ter ao lado um ser humano cheio de complexidades, sentimentos, defeitos, qualidades; enfim, um universo inteiro a ser respeitado e desenvolvido em parceria.

E quando algo não sai como esperado ou quando a expectativa não é atendida,  jogamos esse universo de lado feito um objeto inanimado. E, para satisfazer a nossa criança mimada interior, assumimos um papel imaturo e obscuro de não enxergar  o valor que essa outra pessoa tem e merece.

Quando esse movimento é percebido – o tal do trinco no cristal – aí, meu caro(a) leitor(a), fica no mínimo complicado colar os caquinhos, e o arrependimento se espalha no peito. Culpa e tristeza  por não ter gerenciado melhor a nossa criança interior não correspondida ou a expectativa frustrada.

Precisamos pensar sempre nas consequências dos nossos atos e  exercitar a lealdade, a começar pela lealdade aos nossos próprios princípios . Assim, somos mais íntegros e fortalecemos a confiança que os outros depositam em nós . Ser uma pessoa que transmite essa energia de confiança, nos  fará conectar com pessoas da mesma índole, com a mesma vibração. No entanto, sabemos que, vez ou outra, toparemos com pessoas difíceis, com falhas de caráter. Mas isso faz parte da vida e do aprendizado, e, de quebra, teremos a oportunidade de separar o joio do trigo, ou seja, deixar na nossa  vida apenas as pessoas que valem a pena.

Portanto, é bom sempre lembrarmos: a confiança é pedra preciosa difícil de encontrar e difícil de cuidar; estejamos atentos com algo tão raro. Quando se tem, não podemos deixar trincar. Quebrada, nunca mais se recupera.

Adriana Marques

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

Close
Close