Saúde & Bem-estarBlog

Diz-me o que vês, dir-te-ei quem és!

E se vos dissesse que podemos saber muito sobre a nossa personalidade apenas pelo simples facto de dizermos o que vemos em determinada imagem? Parece estranho… mas é verdade! Com certeza já se depararam com testes de ilusão de ótica, que são cada vez mais populares, onde uma imagem parece que se “mistura” com outra, verdade? Bem, na realidade elas não só têm vindo a ser amplamente partilhadas nas redes sociais como também se têm tornado numa “ferramenta” utilizada em muitos exames psicológicos levados a cabo por empresas e universidades, por exemplo. É importante apontarmos a primeira imagem que vemos porque muito facilmente essa mesma imagem pode “transformar-se” noutra coisa… 

Diz-me o que vês, dir-te-ei-mundo-mileniostadium

O teste de Rorschach, também conhecido como “teste do borrão de tinta”, é uma destas técnicas de avaliação psicológica pictórica e consiste em apresentar à pessoa que está a ser avaliada 10 imagens com diferentes padrões simétricos de manchas de tinta. A pessoa deve dizer o que vê em cada uma delas, sendo que não há “respostas corretas”.

Querem fazer um teste? Então olhem para a imagem durante uns segundos e confiram, abaixo, o resultado daquilo que viram.

Se viram algo parecido com uma
explosão…

Segundo os especialistas, se conseguiram ver algo que se assemelha a uma explosão, possivelmente têm na imaginação uma das vossas maiores qualidades, superando qualquer lógica e/ou racionalidade. Por norma, as pessoas com grande capacidade imaginativa são capazes de resolver problemas complexos com facilidade e de encontrar soluções que podem não ser tão óbvias ou de que poucas pessoas se lembrariam. Tudo isto leva a crer que este tipo de pessoas provavelmente terá mais “queda” para as artes ou para algo que depende de inovação – é o vosso caso? 

Se viram algo parecido com umas mãos…

Tal como no caso acima, as pessoas que veem mãos na imagem também possuem uma boa imaginação. No entanto, têm mais tendência para recorrer ao raciocínio lógico na hora de tomar decisões! Mais racionais e calmas, estas pessoas evitam comportamentos e atitudes precipitadas, sendo normalmente bastante “requisitadas” para dar conselhos sobre diversas situações! Sobriedade e bom senso são duas características que descrevem bem este tipo de pessoas. 

Se viram algo parecido com uma árvore…

Neste grupo incluem-se as pessoas mais observadoras e atentas aos detalhes. São também bastante sensíveis às emoções humanas, tendo facilidade em “descobrir” o momento certo para dizer ou fazer alguma coisa – uma grande vantagem quer nos relacionamentos pessoais, quer profissionais. São pessoas que se sentem como “peixes na água” na área dos negócios ou em áreas que exigem precisão extrema, tal como a cirurgia ou a engenharia.

Se não viram nada…

Não há mal nenhum nisso! Pode apenas significar que é hora de descansar… Sim, a maioria dos psicólogos associa esta “incapacidade” de ver algo na imagem a algum tipo de stress ou fadiga. Nunca vos aconteceu não conseguir pensar em nada ou desenvolver algo porque estão extremamente cansados? Relaxem um pouco!

Inês Barbosa/MS

Leia: Pura coincidência?

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER