FYI

Não tocar na cara

Truques

Nos últimos dias, ouvimos todo o tipo de informação sobre o coronavírus. A classificação do vírus como pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS) elevou a preocupação da população em geral e fez com que circulasse cada vez mais informação sobre formas de prevenção. Uma das melhores maneiras de nos prevenirmos é evitar tocar no rosto com frequência.

No entanto, algo que parece fácil, é um dos maiores hábitos de qualquer pessoa. Para que tenham uma ideia, houve uma pesquisa realizada por uma Universidade norte-americana que revelou que as pessoas podem tocar no rosto pelo menos 23 vezes numa única hora. Então, por isso mesmo, é preciso treinar o nosso cérebro para abandonar esse hábito e aumentar a prevenção.

Como transformar o hábito:

A forma mais fácil de reduzir o toque é identificar quais são os gatilhos que fazem com que levemos as mãos ao rosto. Podem ser situações de desconforto ou até mesmo a tendência de descansar o rosto ao conversar com alguém. Assim que identificarmos esses gatilhos, podemos começar a transformar o hábito.

Em vez de descansar o rosto nas mãos, podemos encostar nas costas dos dedos. Por mais que ainda exista o contato, a membrana desse local não oferece tantos riscos de contágio como as pontas dos dedos e as palmas da mão. Agora, se temos o hábito de coçar muito os olhos, temos que ter sempre um guardanapo ou lenço de papel por perto. Assim, evitamos o contato de pele-com-pele e reduz os riscos de infeção pelos olhos.

Além de tudo isso, é preciso começar a controlar o toque no rosto. Por mais que seja difícil, vamos tentar identificar o movimento segundos antes de realmente levarmos as mãos ao rosto e impedir o resultado.

Vamos fazer um esforço?

Redes Sociais - Comentários

Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

Close
Close