FYIBlog

“Eu vos declaro mala e mulher!”

Eu vos declaro mala e mulher
DR.

Durante uma ida ao centro comercial para comprar acessórios para uma sessão de fotos, Rain Gordon, uma russa de 24 anos, conheceu o seu futuro marido e amor da sua vida, Gideon, dentro de uma loja de ferramentas. Porém, um “pequeno” detalhe transforma esta história de romance num conto bizarro: Gideon, na realidade, é uma mala metálica.

Professora de uma creche em Moscovo, Rain afirma que a sua paixão por objetos inanimados foi despertada desde cedo. Na sua perspetiva, tudo na Terra era dono de uma alma própria e os anos só reafirmaram essa sua crença. Após viver a sua vida toda com medo da reação das outras pessoas, a mulher agora decidiu encarar o preconceito e quebrar os estigmas que rodeiam os relacionamentos com objetos.

Assim como boa parte das histórias românticas, o relacionamento entre Gordon e Gideon foi amor à primeira vista. “Só de a ver o meu coração já fica acelerado. Eu estou completamente apaixonada pela sua coloração prateada e pelos reflexos criados pelo metal”, descreveu a russa em entrevista para o portal Caters News. 

De acordo com Rain Gordon, poucas pessoas são capazes de entender os seus sentimentos e acabam por aconselhá-la a procurar tratamento ou ajuda psicológica. Porém, Rain decidiu que não deixará mais esse tipo de comentários interferir nas suas decisões e optou por ser aberta em relação às suas emoções.

Antes de entrar numa relação com a russa de 24 anos em novembro de 2015, Gideon foi comprada em agosto do mesmo ano. Com o passar do tempo, a mulher foi se sentindo cada vez mais atraída pela mala prateada, até que acabou por ceder “ao coração”.

Eu vos declaro mala e mulher
DR.

A cerimónia de casamento entre Rain e Gideon aconteceu de maneira muito simplória. A festa limitou-se à presença de alguns amigos e família, com o matrimónio a ser “oficializado” por um colega próximo. Mesmo que ele não seja considerado oficial em cartório, a russa garante estar muito feliz pelo seu relacionamento ter ido para uma próxima etapa.

Gordon também declarou não ser unicamente atraída por objetos inanimados, apesar de preferi-los. Em 2017, até se arriscou num relacionamento com um homem, mas decidiu abandoná-lo após perceber que os seus sentimentos pela mala metálica eram muito mais fortes e duradouros.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Não perca também
Close
Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER