FYI

Barbies inclusivas

Desde que foram lançadas, no dia 9 de março de 1959, as bonecas Barbie fizeram parte da infância de milhões de crianças em todo o mundo, incluindo da minha! Filha única, podem calcular o tempo que passei a inventar amigos invisíveis e a fazer histórias com Barbies.

As Barbies tornaram-se um ícone de moda e um dos brinquedos de maior sucesso. Agora, prestes a completar 60 anos, a Mattel — empresa responsável pela marca — vai trazer para a sua coleção Fashionista, bonecas inclusivas para pessoas com deficiências físicas (PcD).

São dois novos modelos, uma boneca com cadeira de rodas e uma com uma perna prostética. Barbies que usam cadeiras de rodas são um dos pedidos mais frequentes que a empresa recebe, segundo a Vice-Presidente da Barbie Design, Kim Culmone. Para tornar esse pedido uma realidade, a Mattel trabalhou em conjunto com pessoas com deficiência pensando sempre em representá-las com o máximo de rigor.

Durante muito tempo, a Barbie foi criticada por trazer um ideal de beleza quase inatingível para muitas crianças: branca, loira, alta e magra. Com o passar dos anos e ouvindo os seus consumidores, a empresa passou a trazer bonecas com cabelos texturizados, diferentes biótipos, cores de cabelos e tons de pele, entre outras mudanças. Incluir pessoas com deficiência foi mais um passo importante na história da Barbie.

Estou muito feliz por partilhar esta notícia convosco! Acho mesmo muito importante que as crianças cresçam a conhecer e a lidar normalmente com a diferença, seja ela qual for.

Kika


Autor(a):
Fonte:

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

Close
Close