EntretenimentoLifestyleTV & Cinema

“Eu não sei o que é namorar”

 A afirmação é de Michael B. Jordan para a revista GQ, da qual é uma das capas de dezembro. Eleito um dos homens do ano pela publicação, o ator de ‘Pantera Negra’ foi apontado como “o líder”. Michael falou sobre a vida de solteiro, sobre dinheiro e Hollywood. Disse ainda que tem como inspiração atores como Tom Cruise, Will Smith e Leonardo DiCaprio.

“A minha carreira é ótima. Está a ir muito bem. […] Eu sou muito maduro e avançado em diversas áreas da vida, mas relacionamentos não é uma delas. Na verdade, eu não sei o que é namorar”, conta. Ele explica melhor a afirmação, dizendo que, por causa da fama, qualquer mulher com quem comece algum tipo de relacionamento será para sempre associada a ele, mesmo que seja apenas um encontro. “Eu vou apenas continuar a trabalhar em mim mesmo e a focar-me em construir o meu império”, conclui.

Michael também se diz frustrado com as críticas dos seus fãs de que dizem que, apesar de ser negro, ele só namora mulheres brancas. O ator já tentou até esclarecer o assunto num Instagram Live, mas as coisas não foram como ele planeou. Durante o direto, Michael disse: “Eu gosto de leite. Eu gosto de leite achocolatado. Eu amo leite achocolatado. Eu gosto de leite de amêndoas, de leite de morango. Vocês sabem o cereal ‘Cinnamon Toast Crunch’? Sabem o que eu estou a dizer? Sabem como o leite fica? Eu gosto desse também. É muito bom”. Hoje, ele diz-se arrependido de ter falado assim – “Olhando para trás, eu provavelmente não deveria ter dito isso. Enquanto falava, todos os meus amigos, toda a gente estava tipo, ‘Mike, larga o telefone’. Mas eu achava que precisava desabafar, achava que era injusto. Eu só estava a deixar as minhas emoções falarem mais alto naquele momento”, analisa.

Quando fala do seu legado, Michael parece bastante empolgado com a carreira e o já mencionado “império” que está a construir. “Eu quero fazer isto para que a minha família não precise de se preocupar com nada”, diz ele a respeito do dinheiro que ganha. “A minha mãe e o meu pai, o meu irmão e a minha irmã, as minhas sobrinhas, os meus futuros sobrinhos e sobrinhas, os meus futuros filhos — todos vão ficar bem. Eu quero criar riqueza para várias gerações. Eu vou me divertir quando for escrever o meu testamento. Ah, meu Deus. Vai ser tão divertido”, brinca.

 

Redes Sociais - Comentários

Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER

Close
Close