EntretenimentoBlog

Katia Aveiro e as suas memórias

Katia Aveiro parece estar a passar por uma fase mais introspetiva, ligada às memórias do passado. Nas redes sociais, a empresária partilhou duas fotografias ligadas à casa de infância, no Funchal, Madeira. Numa das imagens, a irmão de Cristiano Ronaldo mostra a casa onde passou os primeiros anos de vida. E conta: “Nasci numa casa velhinha. A minha cama era sustentada por tijolos. Fui mordida na cara, era ainda uma bebé de meses, por um rato (não tenho vergonha nenhuma de dizer isto), graças a Deus a minha mãe chegou a tempo, senão era mais feia do que sou hoje 😂😂. Cresci num bairro pobre, desde cedo aprendi a valorizar o pouco que tinha. A vida sempre respondeu ao longo do tempo com alternativas, seja por mim seja por quem me rodeava. Ajudávamo-nos uns aos outros. Aí nasceu a união, porque dividíamos com os nossos toda e qualquer conquista. Desde pequena que a minha mãe me ensinou a partilhar entre nós o que tínhamos. A capacidade de ajudar alguém não tem a ver com as posses, todos devem e podem ajudar alguém, independentemente da condição social. A ajuda é vasta. Já fui ajudada por pessoas sem que elas mesmo soubessem… E tu ajudas alguém ????”

Uma mensagem de humildade e superação que procura sensibilizar os fãs e seguidores para a necessidade de dar a mão a quem mais precisa. E que também recorda que tudo pode melhorar.

Já na segunda imagem, Katia mostra a paisagem que via através da janela de casa: “Na minha infância e juventude eu tinha esta vista e este lugar”.  A viver no Gramado, Brasil, a empresária parece estar a sentir falta da ilha que a viu nascer e crescer.

Kika/MS

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

Close
Close