Entretenimento

Filme Listen, da realizadora Ana Rocha de Sousa, distinguido com vários prémios em Veneza

Filme Listen, da realizadora Ana Rocha de Sousa-londres-mileniostadium
Filme Listen, da realizadora Ana Rocha de Sousa, distinguido com vários prémios em Veneza. Crédito: DR

 

Listen, a primeira longa-metragem da cineasta portuguesa Ana Rocha de Sousa, foi um dos filmes nacionais a competir em Veneza, tendo sido distinguido com vários prémios.

Depois de arrecadar os importantes Leão do Futuro – Luigi De Laurentiis, o prémio especial do júri da secção competitiva Horizontes, o Bisato d’Oro de melhor realização – galardão paralelo do Festival de Cinema de Veneza, e o Sorriso Diverso Veneza pela abordagem realista de questões sociais, Ana Rocha de Sousa, arrecada ainda dois galardões: Casa Wabi – Mantarraya Award e o HFPA.

Já em 2019, o prémio Bisato d’Oro de melhor realização foi atribuído ao filme português A Herdade, de Tiago Guedes. Tendo terminado a 77.ª edição do Festival de Cinema de Veneza, no passado sábado (12), foram conhecidos os principais galardões.

Listen, brinda-nos com uma narrativa de cariz realista, que retrata o drama familiar de uma família portuguesa emigrada no Reino Unido, a quem os serviços sociais retiram os três filhos menores, por suspeita de maus tratos.

Esta coprodução luso-britânica, foi filmada nos arredores de Londres, contando com elenco português e inglês. E a desempenhar as personagens principais temos os atores Lúcia Moniz, Ruben Garcia e Sophia Myles.

Em entrevista à agência Lusa dias antes da estreia mundial do filme em Veneza, a realizadora reportou-se a 2016 para falar sobre a génese deste filme. A atriz/realizadora, viveu e estudou em Londres, foi mãe e foi tomando conhecimento do caso de um casal de emigrantes que viveram aquele drama, e que agora é retratado em Listen.

Segundo Ana Rocha de Sousa o filme “Não é de todo (…) contra ninguém em específico, mas pretende levantar questões; se não haverá outras formas de salvaguardar o superior interesse destas crianças e destas famílias para lá da adoção. (…) A grande dificuldade do tema são algumas definições demasiado subjetivas em termos legais que tornam o sistema [social] muito falível”.

O secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media, Nuno Artur Silva, felicitou a realizadora pelos prémios no Festival de Cinema de Veneza, referindo-se a “uma revelação absoluta mesmo para Portugal”. Sublinhando a importância de os prémios terem sido atribuídos a uma estreia como realizadora.

Ana Rocha de Sousa foi ainda felicitada pelo primeiro-ministro António Costa, na evidência deste reconhecimento nacional e internacional, e também pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que no site da Presidência a parabenizou. Segundo a publicação: “Os galardões agora atribuídos a “Listen” acolhem assim uma nova cineasta e uma esperança do cinema português”. Na nota desta felicitação nacional, é traçado o conhecido percurso como atriz, e agora como realizadora.

Em Portugal, o filme chegará aos cinemas apenas em 2021.

Amélie Bonsart/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW