Ambiente

Erva das Pampas

Terra Viva

A Erva das Pampas, de seu nome científico Cortaderia Selloana, é uma espécie invasora na Europa que tem alastrado exponencialmente na faixa litoral continental portuguesa.

No distrito de Aveiro o crescimento destas plumas é por demais. Esta espécie herbácea pode atingir até 2,5m de altura e 3,5m de diâmetro. Tem umas folhas compridas e estreitas e de margens ásperas, até mesmo cortantes, normalmente verdes ou acinzentadas quando mais secas. E todos lhe conhecem as suas plumas branco-prateadas que podem medir até 70cm, o que pode elevar a altura total desta planta a mais de quatro metros.

Estas plumas são muito ramificadas, assemelhando-se a penas. Esta planta tem origem na parte tropical da América do Sul e foi introduzida em Portugal há cerca de 300 anos para decoração de jardins. O grande problema do alastramento desta espécie prende-se essencialmente com a competição que exerce com a vegetação original e autóctone – onde cresce Erva das Pampas não crescem as espécies locais.

A sua contenção é muito difícil, mostrando-se eficaz apenas a utilização de alguns herbicidas, o que se torna muito dispendioso e com bastante impacto ambiental. Existe algo porém que todos podemos fazer:

  • apanhar manualmente ou com recurso a enxadas as ainda pequenas por forma a que não atinjam maturidade para se reproduzirem.
  • cortar os penachos ou plumas quando estas já os têm e queimá-los sendo que desta forma garantimos que essa planta não se reproduzirá durante os próximos dois anos.
  • todos os penachos devem ser queimados

Alerto também para o facto de serem movimentadas areias a partir de zonas de estuários para reposição de cordões dunares, sendo que a zona de onde estamos a retirar as areias ser das que mais ervas das pampas tem – desta forma estamos a transportar as sementes para os nossos cordões dunares e daqui a alguns anos receio que teremos uma paisagem mais própria da Argentina do que de Portugal nas nossas dunas.

Temos um grave problema em mãos e não vejo sensibilidade, preocupação ou ações efetivas por parte de nenhum organismo local ou nacional. Assim vai o nosso ambiente.

Desfrutem da Natureza com respeito e admiração e não se esqueçam: Erva das Pampas em Portugal é para destruir!

Paulo Gil Carsoso/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Não perca também
Close
Back to top button

DONATE NOW