Temas de CapaUncategorised

O que de bom aconteceu na sua vida em 2020?

O que de bom aconteceu na sua vida-canada-mileniostadium
Crédito: fanow

 

A começar por responder ao título, posso dizer que eu amei em 2020. Sim o coração está a bater forte, mas a principal razão é: eu sobrevivi, nesta pandemia planetária, fazendo o que mais amo que é viver intensamente a minha vida com o que temos de mais simples que a vida pode lhe trazer: a “Liberdade”!

Passamos por um ano completamente desconfigurado, cheios de regras e sem sorrisos estampados no rosto, que dureza! Mas as boas surpresas sempre estão pelas esquinas. Com a minha liberdade enraizada – e eu a tenho como regra -, decidi aproveitar o vazio das ruas que a pandemia provocou e pedalei dias e noites pelo Ontário nos finais de semana sozinha e na bagagem constava a minha bicicleta, as restrições exigidas pelo Organização Mundial de Saúde (OMS) e água. Fiz do meu carro um gigante de asas, transitei pelas rodovias da província sem medo. 

Visitei lugares que sempre estavam lotados de gente e sem a menor possibilidade de ver o cenário em 360º vazio, mas eu vi isso. 

Não vi com frequência as pessoas que mais amo, segui o distanciamento social, passei por 2020 sem ver os sorrisos de perto e ter os abraços dos meus pais, que ano!

Guerra biológica posta à prova, alguns sobrevivem, outros não, como em qualquer outra guerra que conhecemos, mas os conflitos deixam lições. Vocês captaram a mensagem deste “novo normal”? Não quero entrar no capítulo política, não sou boa para discutir este tema, mas entendo as mensagens dos governantes. Uma delas é “o barato sai caro”, então atenção!

Compreendi também as missões dos grandes empreendedores, simplificando no português rasgado, Elon Musk passou a produzir táxi interplanetário o “SpaceX” a serviço da NASA, o rapaz é visionário e não me digam que estou maluca. 

O casal Gates mais uma vez devolve à sociedade serviços essenciais que os governantes têm por prioridade fazer no cargo, que é cuidar dos cidadãos. Pois bem, Bill & Melinda Gates Foundation contribuiu com 250 milhões de dólares americanos para os esforços globais na luta contra a pandemia da covid-19. O foco deste financiamento é para pesquisa e desenvolvimento das vacinas e tratamentos aos países com média e baixa renda, estabelecendo assim acesso garantido a toda tecnologia na luta contra este vírus. Usar a fortuna para ajudar quem jamais imaginou ter um prato de comida na mesa é de se louvar, parabéns mais uma vez a eles.

Para finalizar… de uma vez por todas, precisamos entender os artistas. Mesmo sem o mundo saber que existia um vírus que poderia deixar o mundo isolado, eles sempre estiveram ao nosso redor, pare para pensar nisso: “A Arte te faz feliz”. Pare na frente de um mural e me diga se estou errada. Durante as restrições, a criatividade dos artistas foi uma prova. Mesmo sem fama a seu favor, tiveram a disposição de emanar criatividade e ARTE. Chorei ao ver o primeiro vídeo de músicos nas varandas pela Europa, que lindo foi isso. Vi centenas de fotos de murais pelas ruas no mundo e na maioria o tema obviamente foi o vírus e o agradecimento aos profissionais de linha de frente. Muito obrigada!

Vivi 2020 na rapidez que este vírus tomou conta do planeta, sem gente ao redor, sem a possibilidade de conhecer lugares ainda não explorados por mim, respirei, chorei e dei muita risada sozinha, mas estou levando comigo a esperança de poder entrar num comércio local ou estar num espetáculo com aproximadamente 30 mil espectadores sem máscaras e saudáveis. Que venha 2021 porque somos guerreiros para qualquer batalha. Desejo-lhe um Ano Novo com saúde!

Fá Azevedo/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER