Temas de Capa

Um ano Capicua a “conspirar”

Um ano Capicua a-canada-mileniostadium

Caros leitores, como estão?

Desejo-vos uma continuação de semana e fim de semana, feliz e saudável.  Vamos falar de assuntos que nos interessam a todos e nem por isso sabemos ou queremos lidar com eles.

Falamos de situações de conspiração. De uma forma ou de outra, nós enquanto sociedade somos todos vítimas de tal termo. Podendo ser conspiração maliciosa em termos pessoais (contra nós), ou conspiração maliciosa a nível de sistema.

Teoria da conspiração, também chamada de teoria conspiratória ou conspiracionismo, é uma hipótese explicativa ou especulativa que sugere que há duas ou mais pessoas ou até mesmo uma organização que tem “tramado” para causar ou acobertar, através de um planeamento secreto e de ação deliberada, uma situação ou evento tipicamente considerado ilegal ou prejudicial.  Assim sendo, desde meados dos anos 60, o termo refere-se a explicações que mencionam conspirações sem fundamento, muitas vezes produzindo suposições que contrariam a compreensão predominante dos eventos históricos ou de simples factos. Uma característica comum das teorias conspiratórias é que elas evoluem, para incluir provas contra si próprias, de modo que se tornem infalseáveis e, como afirma Michael Barkun, “uma questão de fé em vez de prova”. O termo “teoria da conspiração” adquiriu, portanto, um significado depreciativo e é muitas vezes usado para rejeitar ou ridicularizar crenças impopulares. Assim sendo, creiamos nós ou não, conspiração existe. Em casa, no trabalho, no governo que nos rege e no próprio sistema. Cabe a todos e a qualquer um de nós estar atento, alerta e, acima de tudo, ser curioso e realista, para que possamos perceber o que afinal nos rodeia.

Cuidem-se.

Saúde e até breve se Deus quiser e os homens deixarem.

Até já,

Cristina

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER