Temas de Capa

Regressar à Escola – Peter do Quintal aconselha… “Preparar e planear”

As férias de verão estão a terminar. O início do novo ano escolar está aí à porta e se para alguns o recomeço não traz grande novidade, nem apreensão, para outros os receios aumentam a cada dia que passa.

Os mais novos com a insegurança própria de quem não sabe o que vai encontrar e os mais velhos – pais e educadores – com o desconforto de não estarem por perto, em permanência, para proteção dos seus filhos ou educandos. Peter de Quintal – Community School Liaison Officer e Agente da Polícia da 12º Divisão –, neste período de regresso à escola, em entrevista concedida a Telma Pinguelo da Camões Radio, aceitou partilhar a sua experiência para nos dar algumas orientações e conselhos de segurança para os pais implementarem e para as crianças cumprirem.

Milénio Stadium: Quais são os conselhos que tem para os pais e para as crianças?

Peter De Quintal: Dentro de duas semanas, todos voltarão à rotina de regresso à escola e é uma reaprendizagem. Pedimos que tenham em atenção onde estacionam e que não bloqueiem a rua porque um veículo de emergência pode precisar de passar. Não deixem que os vossos filhos saiam do carro no meio da rua ou que atravessem a estrada sem precaução.

Se possível, considerem até a ideia de caminhar com os vossos filhos até à escola. Como todos os pais têm de deixar as crianças e ir buscá-las no mesmo período de tempo, existem grandes problemas de estacionamento nas escolas.

MS: Quais são as coisas que as pessoas mais se esquecem de fazer no seu dia-a-dia?

PDQ: Preparar e planear. Não esperem até ao último minuto, porque depois estão com pressa para chegar à escola. Não se apressem, porque assim acabam por se esquecer de coisas e tornam-se mais ansiosos/as.

Gostaríamos que as pessoas se focassem na segurança dos seus filhos – pensem na mochila, devem torná-los visíveis com cores fortes. Não devem escrever o nome do vosso filho no exterior da mochila, para não dar a possibilidade dr alguém que não conheça de o chamar pelo primeiro nome e de iniciar uma conversa. Apesar de ser suposto tudo ter um rótulo com o nome, principalmente no jardim de infância, pode fazê-lo num local discreto, na parte interior ou na parte exterior que fica contra as costas do seu filho. E mesmo que estes não sejam casos comuns, devem ser tidos em conta e é uma forma de proteger a criança.

Se os vossos filhos vão para a escola sozinhos, certifiquem-se que atravessam a rua nos locais certos, olhando para ambos os lados antes de atravessar. Caso os vossos filhos já sejam mais velhos, tenham em atenção as coisas que os podem distrair. Por exemplo, não deveriam usar o telemóvel ou auriculares porque assim não ouvem o barulho do trânsito. São pequenas coisas que podemos ajustar facilmente, mas que por vezes nos esquecemos.

MS: Várias crianças vão para a escola de bicicleta. Quais são os conselhos que tem para dar?

PDQ: Eu gostaria de ver ainda mais crianças a ir para a escola de bicicleta. Segundo a lei, todos os menores de 18 anos têm a obrigatoriedade de utilizar um capacete. As cotoveleiras e joalheiras são bons protetores para se ter também. Não se trata do quão bem os seus filhos sabem andar de bicicleta, mas sim que alguém pode ir contra eles ou podem cair e o capacete fará a diferença.

Quando andar de bicicleta deverá também comprar um cadeado e guardá-la num local seguro. Se a escola não tiver locais suficientes para guardar a bicicleta, encoraje-os a contactar o Conselho Escolar. E ainda, deverá ter uma campaínha, especialmente as crianças mais novas, tendo em conta que irão partilhar o passeio com outras pessoas, assim avisam-nas quando estão a passar.

MS: Como é que consegue divulgar a mensagem?

PDQ: Tenho 30 escolas sob a minha alçada. Fazemos apresentações de segurança diferentes. Falamos do ‘Elmer, o elefante da segurança’ que relembra a importância de atravessar a estrada de forma segura, usar o cinto de segurança, usar cadeirinha no carro quando necessário. Falamos também de dicas de segurança, ligar para o 911 e o que acontece quando ligamos. Para as crianças mais velhas, falo ainda da questão das redes sociais, cada vez mais relevante e um assunto atual.

O meu programa de bicicletas já vai para o seu sétimo ano. Além disso, tenho ainda a oportunidade de divulgar a mensagem na televisão, já que sou parte do TVOKids há seis anos.

MS: Se algum pai ou criança tiverem questões e não souberem como devem proceder, como podem obter informações?

PDQ: A maior parte da informação pode ser encontrada no website da Polícia de Toronto (torontopolice.on.ca). O ‘Elmer the Safety Elephant’ tem o seu website próprio (elmer.ca), onde pode encontrar uma enorme variedade de esclarecimentos. Eu próprio, de tempos a tempos, vou transmitindo a mensagem através das redes sociais.

Em breve terei um novo vídeo sobre os capacetes, se for ao www.torontobikes/helmets.ca pode aprender a colocar um de forma correta. No início de setembro iremos lançar um vídeo a incentivar os pais para incitarem os seus filhos para o uso do capacete. Não existe diferença entre ver o cinto de segurança como algo obrigatório ou o capacete, é tudo uma questão de segurança. Se a questão for o preço, consegue encontrar capacetes com um valor acessível. E ainda, existem pessoas que doam capacetes, faço parte de um grupo que nos últimos cinco anos já doou mais de 3,000 capacetes.

MS: Hoje trouxe consigo uma equipa, quer explicar-nos o que têm andado a fazer?

PDQ: São a minha equipa, não-oficial, que normalmente passam o tempo todo nos telemóveis… como agora. São estudantes de verão que contratamos, fazemos esta seleção três vezes por ano, no verão, outono e inverno. No verão, têm a oportunidade de trabalhar comigo quase oito horas por dia, vão a eventos onde podem ouvir palestras inspiradoras. Tentamos que tenham diferentes experiências, além de estarem aqui, vão também a escritórios de advogados, tribunais e veem tudo aquilo que a polícia tem para oferecer, desde a unidade canina à unidade marítima. Eles começaram na primeira semana de julho, tiveram formação e a sua graduação é já hoje (23). O objetivo deste programa é que percebam todas as opções que existem, aprendam a lidar com as pessoas e é uma forma de se prepararem para a vida.

MS: O que se segue?

PDQ: Depois da graduação de hoje, tenho uma semana para enviar e-mails para todas as minhas escolas para reintroduzir-me. Tenho de fazer algum treino para alguns dos programas. E depois vem a primeira semana de escola, onde recomeço o meu programa bikerodeo.

Está sempre muita coisa a acontecer!

Inês Carpinteiro


Autor(a):
Fonte:

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

Close
Close