Temas de CapaBlog

Orçamento vai ajudar empresas a recuperar

Câmara do Comércio de Ontário

O governo federal apresentou segunda-feira (19) o orçamento, um documento de mais de 700 páginas que os Liberais defendem ser essencial para a recuperação económica do país no pós-pandemia. No pacote de ajuda às pequenas empresas o Governo de Trudeau propõe continuar com a maioria dos subsídios criados durante a pandemia para ajudar as empresas a pagar salários, arrendamento ou hipoteca e inclui o subsídio de apoio ao confinamento para aquelas que tiveram de encerrar provisoriamente porque não eram essenciais. Os subsídios vão estar disponíveis até setembro de 2021.

Câmara do Comércio de Ontário -canada-mileniostadium
Primeiro Ministro do Canadá Justin Trudeau e a ministra das Finanças Chrystia Freeland, durante a entrega do orçamento de 2021, em Otava. Crédito: Instagram/JustinTrudeau

Segundo números do governo federal em 2019 as pequenas e médias empresas empregavam em todo o país mais de um milhão de pessoas. Na província de Ontário as pequenas empregavam antes da pandemia mais de 440,000 pessoas; as médias pouco mais de 9.000 pessoas e as grandes empregavam 1,238 pessoas. Em termos de percentagem significa que as pequenas empresas davam emprego a 90% da população nacional e de Ontário. A COVID-19 tem sido um dos maiores testes à sobrevivência dessas companhias e por isso o orçamento federal nunca foi tão importante para os empresários saberem com o que podem contar.

O documento apresentado pela ministra das Finanças aponta que mais de cinco milhões de canadianos continuaram a trabalhar durante a pandemia graças ao Canada Emergency Wage Subsidy e mais de 154.000 organizações conseguiram pagar arrendamento ou hipoteca através do Canada Emergency Rent Subsidy. Em declarações ao Milénio Stadium o presidente da Ontario Chamber of Commerce (OCC), que representa cerca de 60.000 membros, Rocco Rossi, reconheceu que este orçamento é bom para as empresas e disse que sem apoios muitas delas iam fechar.  “O orçamento de 2021 do Canadá oferece às empresas os apoios necessários para ajudar a enfrentar a atual crise de saúde e estabelece as bases para uma recuperação económica forte e inclusiva. Sem a extensão dos apoios muitas empresas não iam conseguir sobreviver”, disse.

Para além das pequenas empresas, o orçamento contempla também outros dos grupos mais afetados pela pandemia. A OCC já tinha feito esta recomendação ao governo e por isso está satisfeita com o investimento em creches e no apoio para os pequenos empresários de diferentes grupos étnico-raciais. “Em 2021, Ontário vai continuar a lutar contra a pandemia COVID-19 e as suas consequências económicas. Antes do orçamento do Canadá para 2021, o OCC pediu políticas que promovam a resiliência económica no nosso sistema de saúde e entre os mais afetados pela pandemia, como pequenas empresas, mulheres e grupos étnico-raciais. Estamos satisfeitos com o investimento histórico do Governo do Canadá e o compromisso de trabalhar em estreita colaboração com as províncias e territórios na conceção e execução do programa”.

Para além da extensão dos subsídios federais para assistir as empresas que foram mais afetadas pela pandemia, a OCC também revela que o programa Digital Adoption Program e o financiamento para pequenas empresas e empreendedores são ambos bem-vindos. “Quando as pequenas empresas prosperam- as comunidades prosperam. Os empreendedores, especialmente mulheres e comunidades étnico-raciais enfrentam várias barreiras ao crescimento. Temos o prazer de ver acesso adicional ao capital para pequenas empresas e empreendedores através de iniciativas como o melhoramento do Programa de Financiamento para Pequenas Empresas do Canadá e recursos para apoiar diversos empreendedores canadianos”, justificou.

Câmara do Comércio de Ontário -canad-mileniostadium
Rocco Rossi presidente da Ontario Chamber of Commerce (OCC), que representa cerca de 60.000 membros. Créditos: DR.

Rocco acredita que o Digital Adoption Program vai ajudar a criar postos de trabalho para os mais jovens e ajudar as pequenas empresas a adotarem tecnologias digitais que vão ser importantes para a recuperação económica.

Ainda no capítulo do crescimento inclusivo, o governo federal reservou $30 mil milhões ao longo de cinco anos para criar uma rede nacional de creches mais acessíveis para os pais. Em 2022 a medida promete poupar cerca de 50% dos gastos com creches às famílias e o objetivo é que em 2026 a creche custe apenas $10 por dia aos pais, à semelhança do que já existe no Quebec. O objetivo do governo é fazer com que todas as províncias incluam esta rede nacional de creches. A OCC acredita que a medida vai ajudar a trazer de volta as mulheres para o mercado de trabalho.  “Os cuidados infantis podem atuar como um equalizador económico para pais e mães, especialmente mulheres de comunidades minoritárias. Creches acessíveis podem ajudar a nivelar o campo de jogo económico para as famílias. Há valor económico e social em tornar as nossas cadeias de fornecimento mais diversificadas e inclusivas. Saudamos o compromisso do Governo do Canadá em modernizar os seus processos de aquisição para expandir as oportunidades para diversos negócios e fornecedores que defendem a diversidade. Mudar as estruturas de incentivos é a maneira mais poderosa de mudar os resultados”, disse.

Outro dos aspetos que deve ser destacado neste orçamento, na opinião de Rocco, é a criação de um novo crédito de contratação que vai ajudar a compensar alguns dos custos de reabertura. “Esperamos trabalhar em colaboração com o governo federal para garantir que a eliminação gradual dos apoios esteja de acordo com as necessidades da empresa. Da mesma forma, à medida que o governo considera as reformas do programa e novos apoios, o OCC vai continuar a enfatizar a necessidade de subsídios e empréstimos perdoáveis para empresas que já estão profundamente endividadas”, garantiu.

Com a lista de novas restrições que o Governo de Ontário anunciou recentemente a ansiedade das empresas cresceu e alguns dos proprietários estão desmotivados. “A saúde pública e a saúde da nossa economia são interdependentes. A comunidade empresarial está preocupada com o aumento no número de casos COVID-19. É também extremamente desmoralizante para os proprietários de empresas que acham que arcaram com uma parte injusta do fardo das restrições”, alerta Rocco.

A OCC defende que a vacinação deve ser acelerada para que os trabalhadores essenciais, que não podem trabalhar a partir de casa, estejam seguros. “Precisamos de uma abordagem geral de todas as ordens do governo e unidades de saúde pública locais para levar vacinas aos habitantes de Ontário. Gostaríamos de ver o governo provincial a continuar a acelerar a vacinação de trabalhadores essenciais que não podem trabalhar em casa, e o governo federal resolver problemas de abastecimento e atrasos que podem prejudicar a meta da província de vacinar 40% da população até o final do confinamento”, sublinhou.

As pequenas e médias empresas são a espinha dorsal da economia canadiana, mas neste momento “enfrentam problemas que ameaçam a sua competitividade: escassez crítica de mão-de-obra, incompatibilidades de habilidades e desafios relacionados com o acesso à internet de banda larga”. A OCC faz o apelo: compre local e encomende refeições nos restaurantes: apoie as pequenas empresas “para que elas possam sobreviver e sair mais fortes desta pandemia”.

Joana Leal/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER