Temas de Capa

Olá Deus, espero que estejas bem

Não Te tenho visto online no Facebook nem no Instagram e não atualizas o TikTok há já algum tempo. Tenho ido à Tua casa, mas não me deixam entrar. Resolvi escrever-Te uma carta, já não o fazia desde o tempo da namorada na escola. Já sei que tenho memória de minhoca e esqueço-me das promessas que muitas vezes Te faço, mas preciso pedir-Te uma coisa. Nos últimos tempos, nós aqui em baixo precisamos de mais paz e mais amor, mais generosidade, compaixão, mais altruísmo e agora uma cura.

Eu sei que Criaste um mundo bonito mas, desde que o mundo é mundo, as coisas parecem que estão sempre a piorar. Eu sei, a culpa é nossa. Acho que não estamos a fazer a nossa parte, mas precisamos de ajuda. Estamos perdidos e muitos de nós preferem já não acreditar que podem confiar em Ti.

Desculpa incomodar. Mas eu sinto-me realmente revoltado com a morte de tantas crianças inocentes em guerras, e com tantas outras injustiças… É triste ver sonhos de vida destruídos pela violência e pela ganância, e ver as riquezas da terra serem disputadas e monopolizadas em vez de serem divididas por todos!

Deus, não sei se Tens estado muito atento, eu sinto muito em dizer-Te isto, mas acho que um vírus está a destruir o mundo que Tu Criaste.  Até a Tua festa da Páscoa foi vivida de outra forma.  O teu encarregado em Roma esteve sozinho naquela praça enorme. Por isso, quero-Te pedir que olhes por nós. Nem todos são maus e muitos inocentes estão a sofrer… este vírus está a causar muitas lágrimas de dor e sofrimento. Estamos mergulhados num mundo no qual não queremos estar. É um lugar escuro, cheio de dificuldades e em quarentena. Parece que só há medo e desconfiança ao nosso redor.  Imagino que Tenhas milhões de pedidos e já sabes de antemão, com certeza, que quase todos nós Te pedimos alguma coisa. Vê lá se ajudas aqui a malta.

Olha por nós aí em cima e, mais uma vez, dá lá mais uma ajuda, apesar de saber que não somos muito merecedores, mas Dá-nos mais uma oportunidade de mudar e ver a vida e as pessoas que nos rodeiam de outra forma. Vamos mantendo o contacto, daqui a algum tempo digo-Te como correu tudo. O teu número ainda é o mesmo?

Um abraço.

P.S.: Tenho os bilhetes do concerto para Ti e para o teu filho. Já agora manda um beijo à minha avó e diz que já comi este ano favas do quintal dela.

Paulo Perdiz/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Não perca também
Close
Back to top button

DONATE NOW