Temas de Capa

O racismo social.

Quem somos nós como sociedade?

Caro leitor,

Excelente sexta-feira para si.

Tópico ainda, mas sensível desta feita. Tempos difíceis decorrem da pandemia declarada. A doença do Covid-19, de seu nome científico, Sars Cov-2.  Uma doença respiratória grave que, em muitos casos, provoca a morte e não se prevê que finde muito em breve.  Tempos incertos. Escuros.

Empresas encerradas. Funcionários sem trabalho. A economia mundial despencou nos quatro cantos do nosso planeta.

Morte atrás de morte. Um mundo estranho no qual vivemos. E, como se tudo isto não bastasse para nos colocar debaixo de uma nuvem tão escura, ressurgiu o tópico de racismo, digo ressurgiu porque, na verdadeira realidade, nunca nos abandonou. Tenho em crer que nós enquanto sociedade, por muito que o não queiramos admitir, somos TODOS racistas. TODOS SEM EXCEPÇÃO. Sim. Mas muitos de nós, muito mais do que é até imaginável. O uso excessivo de força, de violência. De poder para controlar e humilhar outro ser humano. São completamente inaceitáveis e jamais deveriam de ser aceites. Não obstante de que raça somos ou a cor da nossa pele.  Nascemos humanos. Não racistas.

Se conseguimos ensinar a amar. Porque não conseguimos ensinar a aceitar? A não julgar?

A ajudar e dar a mão ao próximo?

Todas estas manifestações vividas nas últimas semanas, iniciadas com extrema violência nos Estados Unidos da América após a morte de um Cidadão negro por um policial de cor branca e, depois passando para o Canadá, (mais pacíficas) e em todo o mundo… são certamente um prenúncio de mudança de tempos que se avizinham. Tempos que certamente serão pouco fáceis. Será novamente necessário o uso de violência seja a que nível for para ensinar que por dentro das nossas veias o sangue é uniforme. DE UMA ÚNICA COR. O PLASMA É IGUAL EM BRANCOS, NEGROS, AMARELOS, INDIOS. SEJA QUAL FOR A RAÇA.

Deixei o que sinto por escrito.

Pratique o bem, não julgue. Tempos difíceis requerem mudança, mas para melhor. Um mundo unido. Será certamente um mundo munido de mais compaixão e, sobretudo, respeito pelo próximo.

Continuação de um excelente fim de semana.   

Cristina da Costa/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW