Temas de Capa

O olhar positivo de um natal atípico

O olhar positivo de um natal-mundo-mileniostadium
Créditos: Nicole Michalou

 

Muitos ainda não se conformam com a necessidade de nos mantermos separados ou afastados socialmente dos nossos entes queridos, que não habitam a mesma casa ou a mesma cidade que nós. No atual momento que estamos vivendo, essa é a forma de protegê-los e amá-los. É difícil? Sim. É incomum? Totalmente. É desgastante? Sem dúvida. Mas a vida nos exige maturidade suficiente para entender que precisamos nos adequar à realidade, muitas vezes dura e sofrida.

Começo destacando isso para reforçar a importância da colaboração de todos nas celebrações de fim de ano.

O Governo canadense divulgou que serão disponibilizadas vacinas ainda em dezembro e em outras partes do mundo vemos esse mesmo movimento. Essa boa notícia pode nos dar a falsa ilusão de que estamos na reta final da pandemia. Mas isso não é uma verdade. O Governo e a OMS reforçam a importância de continuarmos a seguir todos os protocolos de segurança.

Portanto, as celebrações têm que levar esses protocolos em consideração. Agora, olhando por um prisma positivo, toda essa situação de pandemia que estamos vivendo acontece na era da internet. Temos a possibilidade de manter contato com pessoas que estão do outro lado do mundo ao vivo e a cores. Não é uma coisa maravilhosa? Essa possibilidade de contato, mesmo que de forma virtual, é um presente que precisamos valorizar.

O olhar corriqueiro ou o olhar de quem já nasceu nesse contexto de web, não consegue perceber que mágica é vivenciar essa possibilidade. Por isso, faça um exercício consigo mesmo e pense: e se não tivéssemos a internet? O Natal e o nosso cotidiano, no contexto de uma pandemia, não seria muito mais penoso?

O mundo já passou por outras pandemias e não tínhamos a comodidade que a internet proporciona. Hoje, podemos “visitar” museus, galerias de arte, assistir shows de grandes artistas, conhecer o mundo, aprender coisas novas, fazer cursos, interagir com outras pessoas, aprender outras línguas, trabalhar de casa! Tudo isso e muito mais, graças à internet.

Acalmemos o coração sabendo que nesse Natal atípico ficaremos distantes fisicamente daqueles que amamos mas contamos com uma ferramenta poderosa para a saudade não ser tão intensa.

É uma situação muito antagônica essa, de ficarmos longe das pessoas, por amor. Mas temos sempre que le mbrar que isso não será permanente e que se quisermos manter essas pessoas em segurança, a distância se faz necessária.

E para os que comemoram tradicionalmente a época do Natal (me incluo aqui) não deixemos de fazer uma bela ceia, nem de decorar a casa com guirlandas e uma árvore bem iluminada, abrirmos os presentes e oferecermos aqueles que estarão do outro lado da tela. Enfim, vamos fazer deste dia um momento mais especial ainda: além de celebrar o nascimento de Jesus, estaremos agradecendo a nossa so brevivência, afinal estamos aqui. Ele nos ensinou como amar uns aos outros, e precisamos fazer jus ao principal ensinamento do verdadeiro motivo do Natal.

Agora, mais do que nunca.

Adriana Marques/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER