Temas de Capa

O extremismo existe? O que é?

Pode, ou não, vir a prejudicar a democracia?

O extremismo existe? O que é-mundo-mileniostadium

A democracia já vem sendo avisada há muito tempo pelo cidadão, podemos dizer décadas, e as consequências da falta de atenção estão aí, com o crescer de partidos oportunistas, extremistas e até podemos dizer divisionistas, que muitos acham que nada vêm acrescentar de valor ao regime. Eu discordo em certos aspetos.

Eu não sou a favor, nem apoiante, de nenhum partido político extremista, mas acho que em muita coisa estão certos no que dizem e com o sistema de política atual – e da forma como alguns dos atuais governantes governam -, não estou a ver vontade política de levar a cabo reformas estruturantes que melhorem o funcionamento da democracia.  Nenhum dos remédios contra o extremismo está a ser usado, e não podemos esquecer que começa a haver uma percentagem muito grande de pessoas que querem mudanças.  Recentemente um partido de extrema-direita cada vez que saía para a rua em campanha era atacado e a pobreza de jornalismo que temos hoje em dia em vez de deitar água para apagar o fogo, deitavam gasolina. Sempre que os canais de televisão abriam – e ainda por cima numa altura de crise e pandemia -, abriam os telejornais da noite a criticar o candidato, isto em plena campanha. Os próprios jornalistas estavam a deitar gasolina para a fogueira e a dar força aos apoiantes desse mesmo partido e, ao mesmo tempo, dar força aos que estão descontentes com o sistema, que se calhar não iam votar, mas foram dar o voto a quem ia dizendo alguma coisa, porque muitos lhe queriam cortar a voz. Agora pensem bem: do que é que estavam à espera dos apoiantes desse partido? Houve alternativa por parte de outros candidatos? Não é a dizer que estão ilegais como uma candidata o repetiu muitas vezes. Aqui a democracia falha, demonstrou medo e não ouviu o cidadão, os media andaram a apagar o fogo com gasolina. Quem votou na extrema-direita é porque está insatisfeito e não sente que os outros partidos lhe deem voz e estão a ver no Chega alternativa. Hoje não há oposição no Parlamento português e em democracia não se pode silenciar ou proibir, é como dizer que não têm lugar. A extrema-direita diz muitas verdades só que não apresenta soluções para o que está mal, tipo formas de as colocar em prática, mas pouco ou nada está a fazer a social democracia que deixou de ouvir quem os elegeu. E o que se faz então? Acham que é a criticar e a fazer bullying que se resolvem as coisas? Só lhe deram mais força.

O descontentamento com o funcionamento da democracia e o crescimento do radicalismo político está a tornar-se em crises globais. Pesquisas divulgadas recentemente, onde foram ouvidas pessoas em 27 países, dizem que é por culpa dos governantes, que não estão a ouvir as pessoas nem a resolver os problemas para que foram eleitos, numa publicação do cientista político e professor de Harvard (EUA) “Steven Levitsky”, um dos autores de Como as Democracias Morrem, diz que é “a combinação de crise económica e escândalos de corrupção”, daí o crescimento do extremismo.

Os desafios e o futuro da democracia são muitos. O regime político enfrenta um descrédito e uma desconfiança tal que vai ser difícil reconquistar a confiança do cidadão. Mesmo em países com economias estáveis a falta de representatividade da população nos parlamentos nos últimos anos contribuiu para esse cenário. Os políticos é que semearam tudo isto com tanta corrupção, muitos dos que são eleitos e que deveriam representar toda a sociedade, o povo que os elegeu, tomam com muita frequência decisões que não são do interesse do povo ou até muitas vezes da nação, e por esse facto muitos deixam de votar porque sentem que o seu voto não tem influência para nada a não ser para lhes dar um assento e um cheque ao final de cada mês.

Assim vai a democracia em decrescimento e o extremismo a crescer a passos largos por culpa dos governantes. Ou a social democracia se une e prova que representam o povo ou o extremismo ainda pode vir a crescer mais rápido.

Viva a democracia, sem corrupção e com boa governação.

Augusto Bandeira/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Não perca também
Close
Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER