Temas de CapaBlog

Não acreditem em tudo o que ouvem… pela vossa saúde!

Não acreditem em tudo-mundo-mileniostadium
Foto: DR

Quantos de nós já fomos confrontados, na nossa timeline do Facebook por exemplo, com a morte de alguém (famoso, por norma) que, até aos dias de hoje, ainda continua vivo e de boa saúde? Ou que 2020 era, sem sombra de dúvida, o ano em que o mundo iria acabar? Ou, valha-nos Deus, que a urina de vaca era o remédio que todos procurávamos para combater o novo coronavírus? Há de tudo e para todos os gostos, mas dou-vos alguns exemplos de “teorias” em que não devemos de todo acreditar – tudo pelo bem da nossa saúde!

“Laranja: de manhã é ouro, à tarde prata e à noite mata”

Uma frase dita desde mil novecentos e troca o passo e que, por isso, já todos ouvimos. Mas será realmente verdade? Não, a laranja pode ser ingerida a qualquer hora do dia… ou da noite! É claro que cada pessoa pode reagir de maneira diferente (o que pode acontecer com qualquer outra fruta) e que isto não quer dizer que lhe será benéfico comer uma grande quantidade de laranja, só porque sim.

Fresco é melhor que congelado!

Mais um tiro ao lado – na realidade, tanto as frutas como os vegetais congelados mantêm as qualidades nutricionais depois de serem congelados. Há sim que ter em atenção a forma como congelamos determinados alimentos, como por exemplo o peixe – devemos retirar-lhe as vísceras, escamá-lo e lavá-lo muito bem e só depois colocá-lo no congelador.

O milagre dos produtos para cabelo

“Use este champô e esta máscara. Vai ver que nunca mais terá pontas duplas” – esqueça! Não há nenhum produto no mundo capaz de anular para todo o sempre as pontas de cabelo estragadas, apenas “adia” o aparecimento das mesmas. O que não invalida, é claro, que cuidem dos vossos cabelos e que usem produtos de qualidade… mas não estejam à espera de um milagre! Mais tarde ou mais cedo, têm de ir “à tesourada”!

“Já posso ir nadar, mãe?”

A espera que parecia eterna quando, em miúdos, almoçávamos e, por isso, tínhamos de aguardar, religiosamente, duas a três horas para podermos voltar a entrar no mar ou no rio… O medo prendia-se com o facto de, tendo em conta que a digestão desvia parte do fluxo sanguíneo dos músculos para o estômago, a entrada na água poderia inibir esse processo, causar cãibras e provocar um afogamento. Pois hoje sabemos que isso não é verdade, já que este é um processo autónomo do nosso organismo. Há que ter em atenção, no entanto, que se por acaso estivermos muito tempo ao sol e entrarmos numa água que esteja muito fria poderemos não só sentir algum desconforto no estômago e azia como provocar um choque térmico – e aqui sim há perigo, já que se pode desmaiar e, estando dentro de água, há um real perigo de afogamento. O ideal é ir molhando, aos poucos, as diferentes partes do corpo e não entrar “à campeão”!

Com tudo isto… parece que vou ter que ter uma conversa com os meus pais!

Um copo a mais? Já para baixo do chuveiro!

Se acham que é a água fria que vos vai curar o estado de embriaguez, não poderiam estar mais enganados. É que o álcool, só por si, já reduz a temperatura corporal, ainda que muitas das vezes tenhamos a sensação de ter o corpo mais quente. O banho frio pode, na realidade, causar hipotermia e/ou desmaios. Cuidado!

Os diabéticos estão proibidos de comer doces

Bem, a resposta não é um simples “sim” ou “não” – não estão proibidos, mas também à vontade não é à vontadinha. Há que, como em tudo, procurar um equilíbrio – nem sempre, nem nunca. No dia de aniversário, no Natal ou numa celebração especial podem matar o bichinho, mas sem exagerar é claro.

Manteiga para curar queimaduras

É melhor ficarmo-nos pelas torradas – é que colocar manteiga numa queimadura não só não traz qualquer benefício como tem exatamente o efeito contrário – a gordura vai manter a temperatura da pele elevada, facilitando uma infeção secundária e aumentando a dor. Se se queimarem coloquem a zona afetada debaixo de água tépida e deixem secar ao ar livre, sem utilizarem pensos ou ligaduras.

Inês Carpinteiro/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Não perca também
Close
Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER