Temas de Capa

Já entregou as suas taxas?

2020 foi obviamente um ano difícil para a grande maioria das pessoas, já que a pandemia provocada pela Covid-19 assumiu o controlo na vida de todos com os confinamentos, com escolas fechadas, turbulência política, vacinas e encerramento de empresas, causando perdas de empregos e incerteza económica. 2020 levou os homens em cafés, pátios e padarias a discutir vacinas e pandemias em vez de futebol. No momento, todos parecemos saber ou ter uma opinião sobre vacinas e tornamo-nos cientistas, mesmo que sem os anos de trabalho e estudos de laboratório.

Já entregou as suas taxas-canada-mileniostadium
Créditos: DR.

O que não mudou em 2020 é que todos nós ainda somos obrigados a apresentar as nossas declarações fiscais. Embora muitos ainda acreditem que a Agência de Receitas do Canadá (CRA) prorrogará o prazo de entrega, ainda não foi alterado e permanecerá no dia 30 de abril para a maioria dos contribuintes e no dia 15 de junho se você ou o seu cônjuge for sole proprietor’s. Esta data por enquanto está definida e para evitar quaisquer taxas preenchimento atrasado e juros, é importante ter as suas declarações de impostos feitas antes dessa data, caso deva dinheiro ao governo este ano.

Como foram emitidos mil milhões de dólares em cheques para o CERB, CRB e EI este ano, é importante lembrar que se você for um dos milhões de residentes canadianos que receberam qualquer um desses pagamentos de assistência governamental, então deverá contar com o pagamento de alguma forma de retorno de imposto ou então conta com um reembolso muito menor do que o normal este ano. Com planeamento, muitos foram capazes de reduzir essa dívida fiscal investindo em RRSPs, aumentando a sua caridade ou doações políticas. Embora o prazo para aproveitar esses métodos de redução de impostos já tenha passado, ainda existem algumas opções para diminuir a conta de impostos.

1 – Repartição de Pensão (Pension Sharing): Embora já esteja disponível há anos, ainda é surpreendente que muitos aposentados não estejam a usá-lo de forma maximizada para distribuir a renda entre o casal.

2 – COVD-19 Crédito para trabalho em casa (Covid-19 – Work from home credit): Dá-lhe um crédito de $2 por dia se foi “forçado” a trabalhar em casa em 2020. O crédito máximo disponível é de $400 e vai permitir algumas poupanças.

3 – Crédito para despesas de emprego (Employment Expense Credit): Se trabalha regularmente em casa, é um commission employee ou usa o seu veículo pessoal para fins de trabalho sem remuneração, é importante guardar os seus recibos e usar esse crédito para maximizar o seu reembolso ou reduzir ainda mais o valor devido. Se decidir dar baixa nas despesas do veículo, é importante lembrar que um registo do carro é necessário ou o CRA rejeitará todas as despesas relacionadas ao seu veículo.

4 – Solicitar Isenção de Contribuintes (Apply for Tax Payer Relief): Isso não reduzirá o valor devido, mas pode reduzir quaisquer penalidades ou juros sobre qualquer valor que deva ao governo.

Num ano normal, a maioria dos escritórios está preparada para o grande volume de trabalho que é causado pelo prazo fiscal de abril, mas, como outras empresas, os contabilistas e tax filers foram forçados a mudar as suas operações diárias, porque têm funcionários a trabalhar em casa, que faltam por questões de saúde ou que têm que atender às necessidades das suas famílias, causadas pelo encerramento de escolas e outras decisões de confinamento tomadas por vários governos. A menos que o CRA mude a sua decisão, é importante ir ao escritório do seu contabilista ou tax filer o mais rápido possível, pois eles também estão a ter que trabalhar com esta pandemia, mantendo a sua segurança e a tentar ajudar os seus clientes.

Ricardo Viveiros / Viveiros Accounting and Immigrations

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER