Temas de Capa

E agora, Canadá?

Como considerar os resultados das eleições de segunda-feira? Os liberais perderam a maioria e o voto popular, ainda assim conquistaram um grande número de distritos eleitorais.

Devo dizer-lhe que estou a escrever esta crónica no dia seguinte ao dia das eleições, portanto, há algumas perguntas que ainda não posso responder. O que é que eu sei neste momento? Sei que Justin Trudeau perdeu a maioria. O NDP perdeu cerca de metade dos seus deputados. Os Verdes não conseguiram avançar muito, apesar de mais uma campanha de especulação onde diziam que esse era o momento deles. O partido Peoples Party of Canada fracassou e tornou-se completamente irrelevante. O Bloco Québecois teve uma ótima noite. Os conservadores ganharam o voto popular e tiveram um aumento de deputados e formarão a oposição com ou sem Andrew Scheer.

Os liberais tiveram o luxo de fazer uma campanha agressiva contra um premier conservador profundamente impopular – estou a referir-me ao Sr. Doug Ford. A economia nacional em geral parece estar boa e há um precedente histórico que é incomum – os canadianos derrotam um primeiro-ministro após apenas um mandato com uma maioria. Os liberais foram um partido gravemente danificado desta vez. Abalados por escândalos e uma série de promessas quebradas haviam afastado muitos dos seus apoiantes à esquerda e entre os eleitores mais jovens, dois grupos que os levaram à vitória maioritária em 2015. É evidente que o partido confiava fortemente na marca pessoal do próprio Trudeau, mas as revelações sobre seu comportamento e a sua conduta racista no passado, no entanto, ajudaram a destruir essa marca.

Para os conservadores que não conseguiram vencer, a eleição tornou-se um grande problema. Como ficou demonstrado, o carisma é importante na política e Scheer não foi capaz de corresponder nessa área. A respeito da eleição surge uma pergunta: o líder conservador venceu ou perdeu? Para o conservador otimista que refletiu sobre os resultados, segunda-feira foi uma boa noite. Andrew Scheer diz que não tem intenção de renunciar o seu cargo e promete permanecer no comando do seu partido e tentar, outra vez, derrotar o primeiro-ministro Justin Trudeau na próxima eleição.

Em última análise, a escolha recai sobre os membros do Partido Conservador. De acordo com a constituição do partido, se ele não formar um governo e se o líder ainda não tiver formalmente sinalizado a intenção de renunciar, os delegados poderão votar na próxima convenção do partido para decidir a liderança.

E o que aconteceu com o NDP e o líder Jagmeet Singh, que se comprometeu a construir um movimento abrangente de jovens e eleitores racializados, mas que não conseguiu cumprir essa promessa na noite de segunda-feira? Apesar dos sinais de crescimento nas últimas semanas, essas expetativas pareciam ter diminuído no dia das eleições. Os liberais devem formar um governo minoritário, com a ajuda do NDP que caiu para quarto lugar atrás do Bloco Québécois e perdeu a maior parte dos ganhos que obteve no Québeque durante a onda laranja de 2011.

E os verdes depois de ganhar apenas três representantes no Parlamento? Esta foi a quarta campanha eleitoral de Elizabeth May como líder dos Verdes e começou, como sempre, com grandes expetativas. Entre as eleições, o seu partido conta com apoio popular que se deve traduzir em status de partido da oposição, e os seus índices de aprovação de liderança são fortes. Mas quando importa, quando chega a hora dos eleitores marcarem os seus boletins de voto, esse apoio evapora.

O líder do PPC, Maxime Bernier, foi rejeitado na sua primeira tentativa de oferecer o populismo da direita a nível federal, negando ao seu Partido Popular do Canadá um único assento no Parlamento. Além disso o Sr. Bernier perdeu o distrito eleitoral de Quebec que ele mantém desde 2006. Os maus resultados são um contratempo potencialmente fatal para um partido que, no início, parecia preparado para roubar uma parcela substancial de apoio dos conservadores, o partido que Bernier serviu durante 12 anos e quase liderou.

Não sei o que vai acontecer agora. A minoria liberal é provavelmente estável e o suficiente para durar mais de dois anos. Promete ser uma aventura interessante, mas a que custo?

 

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

VOTE JÁ

Faça a sua nomeação

Close
Close