Temas de Capa

Bernardino Nascimento garante: “A Casa das Beiras não está a apoiar o partido”

Quem tem passado pela Casa das Beiras durante as últimas semanas tem percebido que algo está diferente. Na fachada da associação existe um poster que faz referência a uma fação do Partido Conservador, o que tem suscitado dúvidas e até algum desconforto em torno da comunidade portuguesa, especialmente os que acompanham de perto as atividades da Casa das Beiras. O jornal Milénio Stadium contactou esta semana o presidente deste clube português, Bernardino Nascimento, a fim de ter esclarecimentos sobre o que muitos julgam ser um ato de apoio partidário a favor dos Conservadores.

Milénio Stadium: Como explica à comunidade o facto de a Casa das Beiras ter um poster de promoção a um candidato do Partido Conservador à frente da sua sede?
Bernardino Nascimento: O que aconteceu é que há um grupo de pessoas que nos pediram para alugar a nossa sala para uma reunião, que aconteceu no dia 25 de agosto. Eu estava em Portugal quando isto aconteceu, no entanto eu sabia o que se estava a passar e estava a acompanhar tudo. Depois, este grupo de pessoas, que vieram cá fazer a reunião, pediram-nos para lhes alugarmos a sala por algumas semanas. O nosso diretor estava em contacto com eles e mandou uma mensagem para Portugal a dizer que o dinheiro que eles iriam oferecer era favorável e podíamos aproveitar que alguém estava interessado em alugar a sala. Mas tudo isto sem sabermos que ia ser para uma campanha política. Depois eles vieram aqui e colocaram posters na Casa das Beiras. Os nossos diretores aperceberam-se disso e foram falar com a pessoa responsável, dizendo que não poderíamos ter aqueles materiais afixados. Então retirámos a maior parte dos posters e ficou só o poster que está atualmente ali na entrada. A Casa das Beiras não está de maneira nenhuma a apoiar o partido. Apenas alugámos aquela sala. Depois de eu voltar de Portugal, já era muito tarde para desfazer o que estava feito. Queremos deixar claro que não estamos a fazer campanha a favor de partido nenhum. Estamos abertos a outros partidos que queiram vir pôr sinais à frente da Casa das Beiras. Isto foi realmente apenas uma maneira de fazermos algum dinheiro para cobrir as nossas despesas. E se houvesse outro partido, Liberal ou outro, que viesse ter connosco com essa proposta, nós iríamos aceitar na mesma.

MS: Até quando o partido vai estar a alugar o espaço?
BN: Eles vão estar a usar o espaço até o dia 6 de outubro, é o contrato que eles têm.

MS: Está a aproximar-se um evento anual que é a Semana Cultural da Casa das Beiras. Não tem receio que as pessoas que visitem a associação sintam que estão a entrar para um comício político?
BN: Durante a Semana Cultural, do dia 21 ao dia 29 de Setembro, os posters vão estar todos retirados. Foi uma promessa, eles não vão estar envolvidos com este evento e já sabem disso. Não estão convidados para participar na Semana Cultural, como outros políticos estão, nem vão fazer parte de nenhuma cerimónia da Casa das Beiras.

MS: Quem são os políticos que vão participar na Semana Cultural da Casa das Beiras?
BN: Temos outros políticos que vão participar. Entre eles uma representante do Partido Conservador, mas ao nível provincial, e a nível do governo canadiano teremos a Julie Dzerowicz, em representação do partido liberal que é o partido que está em função de momento. Os que não estão em função não são convidados nem estão a fazer parte do nosso leque de convidados de honra.

MS: O estatuto da Casa das Beiras prevê algum tipo de vinculação a nível político?
BN: O estatuto da Casa das Beiras é claro. A Casa das Beiras está ausente de política e religiōes. Nós não tomamos partido de ninguém e não estamos a apoiar estas pessoas que estão a concorrer às eleiçōes. Alugámos apenas uma sala, principalmente numa altura em que estávamos mais parados. A sala estava fechada para férias durante o mês de agosto e uma ajuda (financeira) é sempre boa.


Autor(a): Telma Pinguelo
Fonte:

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

Close
Close