Temas de Capa

Ana Bailão, Antiga bolseira

Ana Bailão, que é hoje vereadora do bairro de Davenport e vice-presidente da Câmara Municipal de Toronto, é uma das antigas bolseiras da Federação. “Lembro-me muito bem, foi na década de 90 quando estava a estudar Sociologia e Estudos Europeus na Universidade de Toronto. Foi especial sobretudo porque tinha chegado ao Canadá há pouco tempo. Hoje dou ainda mais valor porque percebo que foi um marco muito importante na minha vida”, partilhou.

Bailão passou pela presidência da Federação em 2005 e 2006, onde deu continuidade ao programa de bolsas escolares que este ano atribuiu 37 bolsas, num investimento empresarial superior a 1 milhão de dólares. “Este dinheiro é importante porque representa um investimento na educação e num futuro melhor. Acredito que as bolsas são uma das grandes causas da nossa comunidade e algumas delas até oferecem aos alunos a possibilidade de estudarem em Portugal e de reforçarem as suas ligações afetivas com o país”, sublinhou.

Questionada sobre a necessidade de existir mais fiscalização na utilização do dinheiro, a luso-canadiana defende que não se justifica. “Parece-me que não é necessário haver policiamento porque se um aluno utiliza esta verba para pagar a sua estadia, por exemplo, isso também faz parte da educação”, comentou.

Na última cerimónia de entrega de bolsas da Federação, que aconteceu este mês no Pearson Convention Centre, vários jovens lamentaram que os portugueses ainda sejam poucos em áreas como a medicina ou o direito, mas Bailão tem uma opinião diferente sobre esta matéria. “É sempre difícil avaliar até porque não temos números concretos, no entanto o que tenho percebido ao longo da minha carreira é que temos portugueses muito bem-sucedidos nas mais variadas áreas. O que importa é que tenham a oportunidade de fazerem o que gostam e que ao mesmo tempo contribuam para que a nossa sociedade seja cada vez melhor. E o ensino é fundamental para nos ajudar a resolver os problemas do dia-a-dia, essa é a minha experiência pessoal”, justificou.

Ana Bailão nasceu em Vila Franca de Xira (Lisboa) e emigrou para o Canadá com a família quando tinha 15 anos. Em 2010 foi eleita pela primeira vez vereadora do bairro de Davenport e uma das suas grandes lutas é a habitação acessível em Toronto.

Joana Leal

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER

Close
Close