Temas de Capa

Amor em tempo de Covid…

 

Há alguns dias, um amigo meu colocou um trecho de um dos meus autores literários preferidos num Chat e, assim que li pensei… Como o mundo dá voltas e… sempre nos encontramos no mesmo local… não importa o avanço da tecnologia, da ciência, dos povos…

Já vos divulgo o autor se e que tal como eu, ao lerem o primeiro parágrafo, não forem    capazes de o identificar…

Começa assim (Cena passada a bordo de um navio)

Pergunta o capitão…

“O menino está preocupado e muito inquieto, devido a quarentena  que o porto nos impôs? O que o inquieta, menino? Não dormes o suficiente?”

Retorque o pequeno….

“Não é isso Capitão, é que não suporto não poder ir a terra e abraçar a minha família…

Diz o capitão… “E se te deixassem sair do navio e, estivesses contaminado… Suportarias a culpa de infetar alguém que não tem condições de aguentar a doença?”

Rapaz: “Não me perdoaria nunca, mas para mim inventaram esta peste…”

Capitão : “Pode ser, mas e se não foi inventada…?”

Rapaz: “Entendo o que quer dizer Capitão… mas sinto-me privado da minha privacidade…”

Trecho literário de:

Amor em tempo de cólera, de Gabriel Garcia Marquez, Prémio Nobel da Literatura, “Gabo”, como era carinhosamente conhecido no seu mundo.

O texto tem continuidade e a nossa perda de liberdade, também.

A nossa perda de poder visitar quem mais queremos… Os nossos pais nos lares (que é o meu caso), familiares, amigos… simplesmente privaram-nos de viver. As nossas rotinas… a nossa vida… MAS,… há que obedecer e esperar que o sol  volte a raiar…

Mão Criminosa? A quem vamos responsabilizar?

Quando vai findar esta sensação nauseabunda que adquirimos?

Amar à distância, abraçar e beijar virtualmente, reforçar o sentimento, a vontade de querer e não poder estar próximo, junto?

Até quando?

Cansada mentalmente desta “Cólera” que se me entranha no peito….

Amar em tempo de Covid….

Votos sinceros de uma Santa e Feliz Páscoa…vamos todos tentar amar, sentir e, realmente, exercer o verdadeiro sentido desta quadra que é efetivamente de ressurreição e perdão!

Cristina da Costa/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW