Portugal

Um terço dos bebés são de mães com mais de 35 anos

Aumento dos nascimentos não é suficiente para compensar subida da mortalidade. Saldo natural está negativo há já dez anos.

O cenário repete-se. A ligeira subida dos nascimentos em Portugal é insuficiente para compensar o aumento de óbitos num Portugal envelhecido e em que o saldo natural se mantém negativo há já dez anos consecutivos.

Num Portugal em que se é mãe cada vez mais tarde, em que a mortalidade infantil voltou a aumentar e em que os casamentos católicos ficam-se por um terço. Mas há boas notícias, conforme o JN já noticiou. É que só nos primeiros três meses deste ano nasceram mais bebés do que em todo o ano de 2018, como demonstram os dados divulgados esta segunda-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Fonte: JN

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW