Portugal

Plataformas Alternativas de Transporte preveem “caos” dentro de dois dias

João Pica, presidente da ANPPAT. Foto: DR

A Associação Nacional de Parceiros das Plataformas Alternativas de Transporte (ANPPAT) prevê que o setor “fique caótico” e “muitas das viaturas fiquem paradas” se a greve dos motoristas de matérias perigosas continuar.

De acordo com o presidente ANPPAT, João Pica, o setor “irá ser afetado, sem qualquer dúvida”.

A associação, que reúne mais de 40 empresas parceiras das plataformas alternativas aos táxis, admitiu que “há poucas alternativas a este problema da falta de combustível nos postos de abastecimento”.

Leia mais em JN

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER

Close
Close