Portugal

PJ deteve suspeito de fornecer TV cabo pirateada a 400 clientes

A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro deteve um homem, de 40 anos, por fornecer de forma ilegal sinal de TV cabo a cerca de 400 utilizadores, através do sistema de cardsharing.

O indivíduo, que atuava a partir de Albergaria-a-Velha, é suspeito da prática dos crimes de burla informática agravada, acesso ilegítimo, detenção e venda de equipamentos protegidos, usurpação de direitos de autor e fraude fiscal.

Em comunicado, a PJ esclarece que o detido mantinha em funcionamento “uma estrutura própria, ilícita, de disponibilização do serviço protegido de TV, angariando os clientes, vendendo equipamentos especialmente adulterados para a receção do sinal codificado, disponibilizando os acessos e recebendo os pagamentos acordados”.

De acordo com os investigadores, esta estrutura compreendia servidores instalados fora do território nacional, na Alemanha e Itália.

Leia mais no JN

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER

Close
Close