Portugal

Ministra falou em “fase de mitigação”. É a mais grave de contágio

A fase de mitigação da doença ​​​​​​​Covid-19 corresponde ao nível de alerta e de resposta mais elevado, uma vez que é ativada quando as cadeias de transmissão estão estabelecidas no país, tratando-se de uma situação de epidemia ativa.

O Plano Nacional de Preparação e Resposta à doença pelo novo coronavírus estabelece as fases de resposta que incluem três níveis e seis subníveis, de acordo com a avaliação de risco para o Covid-19 e o seu impacto para Portugal.

Segundo o documento da Direção-Geral da Saúde, a fase de mitigação, nível vermelho de alerta e de resposta três (a mais elevada de uma escala de três), corresponde à presença de casos de Covid-19 em território nacional e divide-se aos subníveis de “cadeias de transmissão em ambientes fechados “e “cadeias de transmissão em ambientes abertos”.

No parlamento, a ministra da Saúde afirmou esta quarta-feira ser inevitável que Portugal entre “dentro de horas ou dias” na fase de mitigação da doença Covid-19.

Atualmente o país está no nível de alerta e resposta dois que corresponde a uma situação em que o risco de Covid-19 é moderado, sendo uma fase de contenção alargada, com reforço da resposta e contingência.

Na fase de mitigação, as cadeias de transmissão do Covid-19 já se encontram estabelecidas em Portugal, tratando-se de uma situação de epidemia ou pandemia ativa.

Neste contexto, as medidas de contenção da doença são insuficientes e a resposta é focada na mitigação dos efeitos do Covid-19 e na diminuição da sua propagação, de forma a minimizar “a morbimortalidade [relação entre o número mortes provocadas por determinada doença, num dado local e num certo período de tempo], e/ou até ao surgimento de uma vacina ou novo tratamento eficaz”.

Em fase de mitigação, quando se verificar a transmissão comunitária da infeção, os hospitais do Serviço Nacional de Saúde terão de admitir e tratar doentes da sua área de referência, com suspeita ou confirmação da doença, fazendo a sua gestão de acordo com critérios de gravidade.

O plano indica ainda que a fase de mitigação é a última fase de resposta antes da fase de recuperação.

Em Portugal, a DGS atualizou hoje o número de infetados, que registou o maior aumento num dia (18), ao passar Jde 41 para 59.

JN

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW