Portugal

Mais de um quarto dos portugueses fala ao telefone enquanto conduz

Parece ser uma prática comum ao volante, mas são poucos os que admitem. Entretanto a maioria dos que falam dizem usar o sistema mãos livres. Quase nenhuns falam com o telemóvel na mão.

São mais de metade os portugueses que negam falar ao telefone enquanto conduzem e entre os 25,8 que admitem fazer ou atender chamadas, 27% afirmam utilizar “sempre” o sistema mãos livres e 12% utilizam “normalmente”.

São 4% os que admitem falar metade das vezes com o telemóvel na mão e a outra com o sistema mãos-livres. Afirmam falar “normalmente” com o telefone na mão 3% e só 1% diz falar sempre com o telemóvel na mão enquanto conduz.

Estes são alguns dos dados sobre comportamento ao volante, que fazem parte de um estudo ACP divulgado esta terça-feira, com o objetivo de traçar um perfil completo dos condutores em Portugal.

Sobre as tecnologias ao volante, a maioria dos inquiridos 74% considera mais seguro conduzir e falar ao telemóvel com o sistema mãos livres, enquanto 18% defende ser indiferente. Os resultados do estudo mostram que o sistema de controlo de voz ainda é um equipamento pouco utilizado, com 69% dos inquiridos a responderem que o veículo não tem a funcionalidade.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER