Portugal

Conselho de Ministros aprova proposta do OE2021 “na generalidade” com “temas por fechar”

Conselho de Ministros aprova proposta do OE2021 "na generalidade" com "temas por fechar"

O Conselho de Ministros aprovou esta quinta-feira a proposta de Orçamento do Estado para 2021 “na generalidade”, mas há “ainda há alguns temas por fechar” pelo executivo.

O Conselho de Ministros estava reunido desde as 9.30 horas, tendo a reunião terminado já perto das 20 horas.

Fonte oficial do Conselho de Ministros adiantou à agência Lusa que a proposta do OE2021 foi aprovada “na generalidade”, mas “ainda há alguns temas por fechar”.

De acordo com a mesma fonte, o executivo voltará a reunir-se para fechar os dossiês que estão ainda em aberto, não sendo ainda conhecida a data desse novo Conselho de Ministros.

Durante o briefing que decorreu ao início da tarde, mas que foi apenas para o Governo apresentar outras medidas na área do trabalho, a ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, quando questionada pelos jornalistas, comprometeu-se unicamente com a data de entrega do documento do parlamento.

“O que é certo é que na próxima segunda-feira o Orçamento do Estado será entregue na Assembleia da República”, assegurou.

Mariana Vieira da Silva defendeu que a negociação de um Orçamento do Estado “é sempre um exercício de aproximação entre partes”.

A ministra de Estado e da Presidência foi então questionada por diversas vezes sobre negociações, medidas e calendário da aprovação da proposta de OE2021 pelo Governo, mas escusou-se a acrescentar detalhes.

“A negociação em torno do Orçamento do Estado é sempre um exercício de aproximação entre partes num quadro de disponibilidade e responsabilidade na aprovação do Orçamento. É esse o caminho que está a ser feito”, respondeu, quando interrogada sobre a entrevista de quarta-feira à RTP da líder do BE, Catarina Martins, na qual se mostrou preocupada com a “intransigência do Governo” nas negociações orçamentais, condicionando a viabilização da proposta à alteração da postura do executivo.

Leia mais no JN

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER