Opinião

O novo líder conservador é Erin O’Toole

Erin O’Toole é o novo líder do Partido Conservador do Canadá e as fações conservadoras sociais e da extrema direita do partido que ajudaram a colocá-lo no topo parecem pensar que isso é uma boa notícia. Erin O’Toole, visto como aparentemente um conservador “socialmente liberal” de Ontário, prometeu aos conservadores sociais um “assento à mesa” em troca do seu apoio.

 

O novo líder  conservador  é Erin O’Toole-opiniao-mileniostadium
O’Toole, ex-ministro do Governo Harper, ex-advogado corporativo e filho de um antigo MPP conservador de Ontário, venceu na terceira votação. Foto: DR

 

O’Toole, ex-ministro do Governo Harper, ex-advogado corporativo e filho de um antigo MPP conservador de Ontário, venceu na terceira votação graças, em grande parte, aos votos alternativos dos dois candidatos conservadores da linha dura na corrida pela liderança conservadora – Leslyn Lewis e Derek Sloan. Na verdade, O’Toole venceu porque metade dos 60.000 apoiantes de Lewis o indicaram como a sua próxima escolha em vez de Peter MacKay.

Life Site News, um site antiaborto canadiano, chamou o novo líder conservador como “pró-aborto”, mas um vídeo de campanha mostra O’Toole implorando aos conservadores sociais pelos seus votos de segunda escolha, sugerindo que ele está disposto a fazer concessões em questões como terapia de conversão ou assistência médica para terminar a vida.

A Campaign Life Coalition, o maior grupo antiaborto do Canadá, afirmou que influenciou o resultado da votação ao recrutar mais de 26.000 novos membros conservadores e disse que os conservadores sociais respondem por 35% de todos os votos lançados a seu favor. “Esperamos que Erin O’Toole garanta que os conservadores sociais sejam respeitados e os seus valores representados dentro do partido daqui para frente”, disse o CLC em um comunicado. “Todo o mundo sabe que não se pode ganhar uma eleição geral sem a sua base”.

Outro grupo antiaborto, RightNow, alegou ter recrutado 10.000 membros para a votação e disse que estava satisfeito com o facto de O’Toole defender a mesma política sobre o aborto do ex-líder Andrew Scheer.

“Basicamente, para os pró-vida no nosso partido, eles saberão duas coisas fundamentais sobre mim”, disse O’Toole. “Eu valorizo-os no nosso partido e respeito o seu importante papel no nosso movimento.” A Abortion Rights Coalition of Canada, um grupo de defesa dos direitos reprodutivos das mulheres, observa que O’Toole tem apoiado uma série de posições-chave nas listas de desejos de grupos antiaborto.

O’Toole conduziu a sua campanha de liderança em 2020 como um “verdadeiro conservador azul” – um grande contraste com sua campanha de liderança em 2017, quando O’Toole se apresentou como um moderado.

Como Maclean’s notou recentemente, a estratégia de O’Toole para 2020 deixou a perceção de que ele se estava a permitir ser “influenciado por algumas das forças mais sombrias do seu próprio partido”.

A campanha viu O’Toole emitir avisos de que a história canadiana está sob ataque pela “tendência insidiosa de cancelar a cultura” e assobiar para a extrema direita sobre a ameaça do “marxismo cultural”.

O’Toole fulminou o medo de “travessias ilegais na fronteira” por refugiados e um dos seus slogans – “tomar o Canadá de volta” – foi criticado pelo seu tom xenófobo, como o de Trump.

Apesar da sua postura como um duro guerreiro cultural, as posições anteriores de O’Toole provavelmente colocaram-no do lado de muitos apoiantes de extrema direita. A sua transição e aproximação a extrema direita do partido pode ter que ver com a contratação do consultor político conservador Jeff Ballingall, criador da página Canada Proud no Facebook e um dos coproprietários do site de notícias de direita The Post Millennial.

No início deste ano, Ballingall disse ao Toronto Star que tinha microdirecionado anúncios do Facebook para conservadores usando um banco de dados preexistente de apoiantes, embora se recusasse a dizer se esses nomes foram recolhidos de pessoas que interagem com as suas páginas, como Canada Proud, Ontario Proud.

Claro que é muito cedo para saber em que direção o novo líder irá levar o partido conservador, mas uma coisa é aparente: recentemente Doug Ford declarou publicamente que ele não fará campanha com O’Toole nas próximas eleições federais. O que é que isso poderia significar para as suas chances de formar um governo e tomar o poder de Justin Trudeau?

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW