Augusto Bandeira

Não é sentado no sofá que aparece

Sorte todos temos, sempre que vamos a favor do vento

Não é sentado no sofá que aparece-mundo-mileniostadium
Crédito: Dayne Topkin

A sorte sempre existiu, mas há que correr atrás da mesma e saber os cantos por onde a sorte normalmente se esconde. Eu, nos últimos dias do ano passado, ouvi muitas pessoas dizer “o ano da pouca sorte”, muitas queixas sobre tudo o que se tinha passado durante o ano e mesmo com tudo o que tinha acontecido com elas. Ora bem, eu por vezes também penso assim mesmo, mas, olho por cima dos ombros e vejo muitas luzes que não coincidem com o meu pensamento, a sorte existe para todos mas há que trabalhar para ela. Nada vem ter ao colo das pessoas de mão beijada, há que perder muito tempo e andar a favor do vento.

Quantas vezes se tem coisas negativas na vida, todos temos, mas a pior coisa é deixar cair os braços, nunca se deve deixar que tal aconteça, devemos ir à procura dela, todos temos o mesmo direito, mas não é sentado numa cadeira que a vamos encontrar. Ainda por cima nos dias de hoje onde a gente pode circular e procurar melhores dias, será que temos que ficar no local onde não nos oferece uma qualidade de vida que merecemos? Será que temos que ficar agarrados a uma coisa que não nos dá alegrias?

Amigos, a sorte existe e não para os que acreditam ou não que ela existe, mas para aqueles que constroem vidas de maneira com que as coisas boas lhes aconteçam. Para a sorte há que levantar de bom humor de manhã cedo e acreditar que o dia vai ser abençoado e que tudo vai correr bem, mas mais sorte têm aqueles que têm bom coração para dar e receber. Mas nunca questionar se tudo é merecido ou não: a sorte vê coisas positivas e normalmente ninguém consegue ver a parte que cada um de nós vê, sempre no sentido positivo, só assim podemos considerar uma sorte e o mais importante na vida é todos nós olharmos de manhã pela janela e ver o sol nascer, é sinal de muita sorte.

Não podemos olhar o ano que nos deixou como exemplo de sorte, mas mesmo assim todos os que estão em condições de ler, de ver, de ouvir e de abraçar outros podem dizer em voz alta que são pessoas com muita sorte. Não espere pela sorte sentado em casa, mesmo com o confinamento a que somos obrigados há muito para se fazer e colaborar, ajudar para se distrair, isso já é sorte na vida.

Reparem os empresários de sucesso: quanto tempo investem na procura da sorte, saem de casa muito cedo e entram muito tarde? Chama-se a isto correr atrás da sorte. Reparem, um político quando decide candidatar-se a um cargo público o tempo que investe para convencer os eleitores a votarem nele, chama-se a isto correr atrás da sorte. E podemos dizer um futebolista, um médico, etc., todos têm que correr atrás da sorte e isto é com trabalho, com dedicação, só assim se consegue as coisas. E a isto, no final, os outros chamam sorte e assim o dizem, “olha que sorte ele/a teve”.

Eu durante o percurso da minha vida já tive muitos altos e baixos e sempre chamei sorte, tanto na vida profissional, associativa e política, sempre tive sorte, mas sempre trabalhei da forma que achava melhor para conseguir. Tenho sorte em ter sorte porque há tantos que a procuram e não conseguem encontrar. Ela existe, em pequenas quantidades, mas chega para todos. Existe em gotas, mas cabe a cada ser humano ir ao encontro dela sem rasteirar ninguém porque na vida o que mais existe são pessoas com força para abater aquele que se está a destacar na vida e logo aparece uma grande quantidade a trabalhar para abater essa mesma pessoa. Não é dessa forma que se encontra a sorte, isso só o deixa mais em baixo.

A sorte é amar quem amou, fazer bem e nunca deixar um coração vazio, lembre-se que a sua sorte existe, mas não é com trevos, com ferraduras, ou pés de coelhos, isso só são os pensamentos positivos e sua alegria de viver, a sorte é a dedicação para poder vencer.

Boa sorte para todos neste ano que acabou de entrar.

milenio stadium - augusto bandeira

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER