MundoBlog

Vacina da Moderna deverá proteger contra novas variantes

Vacina da Moderna deverá proteger -mundo-mileniostadium
US biotechnology firm Moderna on January 25, 2021 said lab studies showed its Covid-19 vaccine would remain protective against variants of the coronavirus first identified in the United Kingdom and South Africa. “The study showed no significant impact” on the level of neutralizing antibodies elicited against the UK variant, B.1.1.7. (Photo by Joseph Prezioso / AFP)

 

Os primeiros testes à vacina da empresa de biotecnologia norte-americana indicam que esta poderá ser eficaz contra as novas variantes do novo coronavírus. No entanto, ainda são necessários mais estudos para comprovar a total eficácia.

Os cientistas da Moderna analisaram as amostras de sangue de oito pessoas, que já receberam as duas doses da vacina da empresa norte-americana, e concluíram que a imunidade é suficiente para combater duas variantes do SARS-CoV-2, a da África do Sul e do Reino Unido.

No entanto, este resultado ainda precisa de ser aprofundado, numa altura em que os especialistas avançam que a mutação britânica, por exemplo, é 70% mais contagiosa. Porém, enquanto a variante do Reino Unido não impediu a atuação dos “títulos neutralizadores” da vacina, a da África do Sul foi mais difícil, assistiu-se a “uma redução de seis vezes nos títulos neutralizadores”, lê-se em comunicado.

Apesar dos diferentes fabricantes das vacinas acreditarem que o seu produto consegue reconhecer e neutralizar as várias variantes do novo coronavírus, o agravamento da pandemia, sobretudo na Europa, está a lançar receios entre a comunidade médica.

Ainda assim, a informação prestada esta segunda-feira pela Moderna vem lançar uma nova esperança. Perante algumas amostras de sangue sujeitas às novas variantes, a vacina da biotecnológica americana conseguiu neutralizar o vírus e impedir a sua entrada nas células. “É esperado que o regime de duas doses da vacina da Moderna contra a covid-19 na dose de 100 microgramas proteja contra as variantes emergentes detetadas até à data”, escreve a empresa.

JN/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER