Mundo

Universidade no Japão manipulou exames para admitir menos mulheres

Uma universidade privada de medicina, em Tóquio, no Japão, manipulou, supostamente durante vários anos, os resultados dos exames de acesso à instituição com o objetivo de admitir menos mulheres, noticiam os jornais japoneses.

Saiba mais em Jornal de Notícias

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER