Mundo

Temperaturas no Ártico 20ºC acima do normal

Soaram os alarmes em toda a comunidade científica. Uma onda de calor sem precedentes no Ártico, onde o sol praticamente não brilha até março, estará a causar uma onda de frio siberiano na Europa e a forçar à revisão das previsões mais pessimistas sobre o aquecimento global.

Pode ser algo que sucede uma vez sem exemplo, mas o facto é que está a afetar o vórtice polar, um círculo de ventos que isola o norte gelado das temperaturas mais elevadas do resto do planeta.

O tempo frio registado nestes dias na Europa será assim uma simples deslocação do que deveria estar a passar-se mais a norte, referem diversos especialistas. A massa de ar frio do Ártico que está a por a Europa Central a bater o dente, é um sinal de um clima “maluco” e pode tornar-se mais frequente.

Desde segunda-feira que, a norte do Mediterrâneo, as temperaturas máximas não sobem acima de zero. As mínimas oscilam entre os -6ºCe os -10ºC na maior parte dos países. Cidades desde Varsóvia até Oslo registam temperaturas abaixo de -8ºC.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER