Mundo

Rede faturou mais de 500 mil euros com tráfico de ovários e bebés

Uma rede de traficantes de ovários e bebés recém-nascidos de mulheres com origem sobretudo na Bulgária foi desmantelada em Tessalonica, no Norte da Grécia.

As mulheres búlgaras, mas também georgianas e de etnia cigana, eram levadas para clínicas particulares em Tessalonica para fazer o parto ou remover os ovários, que depois eram vendidos, explicou a polícia grega.

A investigação contabilizou 22 casos de adoções ilegais e 24 de vendas de ovários no âmbito desta rede, que faturou mais de 500 mil euros desde 2016, acrescentaram as autoridades.

 

Leia mais em JN

 

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER