HomeMundo

Quem tem medo compra… um muro

A grande parede de Trump

Quando o mundo foi criado, as barreiras como as conhecemos não existiam. Adão e Eva devem ter caminhado sem se esconderem de nada ou ninguém porque não havia motivo para isso. Enquanto olhamos para o céu, a apreciar o sol, a lua e as estrelas, esta esfera redonda providencia uma sensação de liberdade ininterrupta para navegar pelo mundo. Porque é que são construídos muros que aprisionam, separam ou escondem os residentes deste lugar ao qual chamamos Terra?

O Muro, que ficou conhecido como o Muro de Trump, simboliza um estado que apenas pode ser considerado restritivo e imoral aos olhos do fluxo democrático de pessoas na travessia de fronteiras. No pensamento de um louco, esta barreira irá prevenir todo o tipo de crimes vindos do Sul, que poderiam afetar a sua segurança. Portanto, 5.9 mil milhões de dólares irão contribuir para a democracia e para aumentar a segurança de uma população que é composta por indivíduos de todos os países, os mesmos a quem se pretende impedir a entrada com esta barreira.

Questionar o conceito deste muro é fácil devido ao seu proponente. Existe o consenso de que o muro representa um poder político em jogo, com nuances racistas, vindo de um homem que emprega pessoas semelhantes àquelas a quem quer proibir a entrada. Se o critério para a construção do muro é prevenir a entrada de indesejáveis, então porque é que não constroem uma barreira ao longo da fronteira entre o Canadá e os EUA? Talvez não existam criminosos no Canadá que atravessem a fronteira para os EUA e criem os mesmos problemas que as pessoas que chegam à fronteira do México. Talvez o raciocínio seja que os canadianos são mais brancos.

Ao contrário do que muitos parecem sustentar, não deve existir apoio para que sejam quebradas as leis de imigração através de travessias ilegais da fronteira. Caravanas organizadas noutros países e que se dirigem para a fronteira com a única intenção de desafiar as leis de uma nação, não lhes deve ser permitida a passagem até que sejam cumpridos os critérios desse país. Não existem guerras nas Américas que possam motivar a criação dessas caravanas de refugiados, mas existem ditaduras que reprimem as liberdades, criam pobreza e sofrimento. Apenas isso não é suficiente para que seja permitido que uma parte da população atravesse a fronteira, sem condições para ser acomodada. Será Trump um oportunista político, racista ou correto nas suas ações? Talvez um pouco de tudo isto. Na semana passada o embaixador da China no Canadá insinuou que os canadianos são supremacistas brancos. A sério? Os chineses fazem parte do tecido deste país e têm vindo a fazê-lo já há muitos anos. Parece que se tornou oportuno gritar racismo por conveniência, e este individuo deveria ser levado para o aeroporto e abandonar este país.

Liberdade e democracia são condições que muito poucos estariam dispostos a abdicar, e sob ataque irão reagir. Em nome da proteção, muitas barreiras reais e/ou imaginárias têm vindo a ser criadas. Talvez devêssemos olhar para o céu azul e pensar nas famosas palavras de Ronald Reagan em Berlim: “Mr. Gorbatchev tear down that wall” (Sr. Gorbatchev derrube esse muro).
E que tal se cada um de nós deitasse abaixo as nossas barreiras de protecionismo e racismo? Afinal de contas, a maioria de nós é imigrante e, a dado momento da sua vida, já atravessou o muro. Sr. Trump, o seu muro não é nada mais do que um exercício de construção de ego que preenche uma alma ocupada com muito pouca massa.

 


 

The great wall of Trump

When the world was created, walls as we know them, did not exist. Adam and Eve must have walked around not hiding from anything because there was no reason to. As we look at the sky appreciating the sun, moon and stars, this rounded sphere provides an impression of uninterrupted freedom to navigate the world. Why are walls built which jail, separate or hide the residents of this place we call earth?

The wall which has become known as the ‘Trump wall,’ symbolizes a state of which can only be considered restrictive and immoral to the democratic flow of people across a border. In the thinking of a madman, this barrier will prevent all types of criminals from invading the southern US border which may affect its security. 5.9 billion dollars will therefore contribute to democracy and add security to a population that is composed by individuals from all countries which this barrier is to prevent entry. Questioning the concept of this wall is easy because of its proponent. There is a consensus that the wall represents a political power play with racist undertones from a man who employs people similar to those he’s preventing from crossing. If the criteria for building the wall is to prevent undesirables, then why not build a barrier across the Canadian/ U.S. border? Perhaps there are no criminals in Canada who would cross the border into the U.S. and create the same problems as the people arriving at the Mexico border. Perhaps the reasoning is that Canadians are whiter.

There should be no advocacy to break immigration laws by illegally crossing a border as many appear to support. Caravans that organize in other countries and travel to borders with the sole intent of challenging a nation’s law should not be allowed to cross until the country’s criteria is met. There are no wars in the Americas that are creating caravans of refugees but there are dictatorships that suppress freedoms and create poverty and suffering. That alone is not sufficient to allow large populations to cross borders into conditions which cannot accommodate them. Is Trump a political opportunist, racist or correct in his actions? Perhaps a little of each. This week, the Ambassador of China to Canada suggested Canadians are white supremacists. Really? Chinese are part of the fabric of this country and have been for many years. It would appear that it has become very convenient to scream racism for convenience purposes and this individual should be taken to the airport and out of this country.

Freedom and democracy are conditions very few of us are willing to give up and will push back when under attack. There are many real and/or imaginary walls that have been created in the name of protection. Perhaps we should look at the roundness of a blue sky and think of Ronald Reagan’s famous words in Berlin: “Mr. Gorbachev tear down that wall”.
How about each of us tearing down our walls of protectionism and racism? After all, most of us are immigrants and crossed a wall at some point of our lives. Mr. Trump, your wall is nothing more than an ego building exercise that fills a soul occupied with very little mass.

Manuel DaCosta

Autor(a):
Fonte:

Redes Sociais - Comentários

Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

Close
Close