Mundo

Produção mundial de energias renováveis cresce em 2019

A capacidade mundial de produção energética de fontes renováveis voltará a crescer este ano, depois da paragem registada em 2018, e espera-se a maior subida desde 2015.

A conclusão é da Agência Internacional de Energia (AIE), organização dependente da OCDE, que adianta num estudo hoje divulgado que a produção energética procedente destas fontes pouco poluentes subirá 12% para um total de 200 gigawatts, com um acréscimo de 17% da energia solar.

Em relação à energia solar, o estudo da AIE refere que a desaceleração da produção na China, o principal mercado mundial, será compensada pela expansão registada na União Europeia (UE), liderada por Espanha.

Também contribuem para o auge das instalações fotovoltaicas o Vietname e a aceleração registada na Índia, Estados Unidos e Japão, onde está a aumentar o número de projetos para usufruir do máximo possível de incentivos.

A AIE considera que a situação da China constitui “a maior incerteza para as previsões em 2019” na produção solar, devido ao momento de transição da política de ajudas naquele país.

A primeira metade do ano foi marcada por um desenvolvimento “lento”, mas a AIE espera uma aceleração na segunda metade, quando está previsto que se finalizem projetos vinculados a leilões em grande escala.

A mudança da política de incentivos na China fez com que 2018 fosse o primeiro ano desde 2001 no qual a capacidade de produção de energias renováveis não aumentou face ao exercício anterior.


Autor(a):
Fonte:

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

Close
Close