Mundo

Polícia de Hong Kong proíbe grande protesto pró-democracia

A polícia de Hong Kong proibiu, esta sexta-feira, uma grande manifestação pró-democracia convocada para o Dia Nacional da China, a 1 de outubro.

“Estamos convencidos de que a decisão de proibir esta manifestação foi tomada pelo Governo de Carrie Lam e por Pequim, seguindo a estratégia de silenciar os protestos nas ruas de Hong Kong antes e durante o Dia Nacional da China”, acusou Bonnie Leung, vice-coordenadora da Frente Cívica de Direitos Humanos (FCDH), que representa pelo menos 15 partidos e organizações não-governamentais.

Segundo uma estimativa da própria associação, a FCDH foi responsável pelas manifestações que levaram à rua um milhão de pessoas a 9 de junho, dois milhões a 16 de junho e 1,7 milhões a 18 de agosto, sendo que esta última havia também sido proibida pela polícia.

 

Leia mais em JN

 

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER