Mundo

Papa aceitou resignação de bispo de Nova Iorque acusado de abuso sexual

O Papa Francisco aceitou esta quinta-feira a resignação de um bispo de Nova Iorque depois de o prelado ser acusado de abuso sexual de um adolescente nos anos 80 do século passado.

O bispo auxiliar John Jenik é o mais recente líder a cair na corrente de escândalos de abusos sexuais. O Vaticano anunciou que a resignação foi aceite esta quinta-feira.

Durante décadas, o Vaticano fechou os olhos aos bispos e cardeais que abusaram de menores e adultos ou encobriram os crimes.

 

Leia mais em JN

 

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER