Mundo

“Padrinho” da máfia calabresa detido em Barcelona

A polícia espanhola anunciou, sexta-feira, que deteve, em Barcelona, um “padrinho” da máfia calabresa (‘Ndrangheta) e avançou que é um dos criminosos mais perigosos e procurados em Itália.

Identificado pela Guardia Civil apenas pela iniciais G.R., o suspeito de 34 anos foi detido num grande mercado de Barcelona, o Mercat de Sant Gervasi, graças à vigilância de um membro da sua família.

Em comunicado, a polícia espanhola refere que estava fugido “há vários anos” e era procurado em Itália por tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e filiação.

Segundo a polícia, as pistas para a sua captura foram dadas inicialmente por investigadores antidroga franceses, tendo-se depois conseguido vigiar um dos seus familiares com a ajuda da polícia italiana.

Em novembro passado, o suspeito foi julgado à revelia por um tribunal italiano e condenado a 20 anos de prisão por ter desempenhado um papel central numa rede de tráfico de drogas e por lavagem de dinheiro em Itália.

Segundo a polícia espanhola, o pai do suspeito, de 74 anos e com ligações à máfia, também está detido em Parma, Itália.

Com sede na Calábria, no sul da Itália, ‘Ndrangheta’ é considerado um dos sindicatos do crime mais ricos e poderosos devido ao controlo sobre a maior parte da cocaína que entra na Europa.

A ‘Ndrangheta’ expandiu as suas atividades em todo o mundo e já é considerada maior do que a Cosa Nostra, da Sicília.

JN

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER