MundoBlog

Na Europa os números do Covid-19 duplicam rapidamente, a República Checa regista 8325 novos casos

Na Europa os números duplicam rapidamente-mundo-mileniostadium
Photo: YVES DEAN / GETTY IMAGES

 

A República Checa registou nas últimas 24 horas um total de 8325 novos casos do SARS-CoV-2, no dia em que entram em vigor a ordem de encerramento de escolas, bares e restaurantes por duas semanas.

Este é o segundo maior número de novos casos desde o início da pandemia de covid-19 no país.O Ministério da Saúde informou que existem atualmente 68.740 infeções ativas no país, que regista 524 casos acumulados nos últimos 14 dias por 100.000 habitantes, o maior número da União Europeia (UE), à frente da Bélgica (429) e da Espanha (300).

Existem atualmente 2503 pessoas hospitalizadas devido ao SARS-CoV-2, 467 destas em estado grave. O número de médicos infetados cresceu 79% na última semana, segundo dados da Câmara Checa de Médicos, o que levou muitos hospitais a solicitarem a ajuda de estudantes de medicina, algo previsto no estado de emergência vigente até 3 de novembro.

Portugal

O Conselho Ministros reuniu esta quarta-feira de manhã e decidiu que Portugal vai passar a estado de calamidade. Em causa está o aumento do número de casos diários de covid-19.

Hoje Portugal tem 916 pessoas internadas e 132 casos em Unidades de cuidados Intensivos, sendo 2110 casos de morte até o fechamento desta matéria.

Vão existir oito medidas de contingência com a entrada de Portugal no estado de calamidade a partir da meia-noite desta quarta-feira:

  • Governo pode aplicar medidas de restrição à circulação sempre que necessário
  • Proibição de ajuntamentos de mais de cinco pessoas
  • Limitar eventos de natureza familiar como casamentos e batizados até 50 pessoas
  • Proibir eventos de natureza não letivas como festejos académicos nas universidades e politécnicos
  • Aumento de fiscalização por parte de entidades como ASAE
  • Multas até 10 mil euros para estabelecimentos que não cumpram regras
  • Recomendação de uso de máscara na via pública e do uso da aplicação StayAway Covid
  • Apresentar na Assembleia da República a proposta de uso obrigatório de máscara na rua e do uso da aplicação StayAway Covid em empresas e escolas
Na Europa os números duplicam rapidamente-mundo-mileniostadium
Clica na foto para ter os números atualizados. Fonte: JN

 

Espanha

A situação epidémica na Catalunha agravou-se esta quarta-feira, com 1620 novas infeções, 23 óbitos e 40 novos internamentos nas últimas 24 horas. Há um total de 1.024 doentes com covid-19 internados, 189 deles em unidades de cuidados intensivos, 17 mais que na terça-feira e o mesmo número de 26 de maio.

Esta comunidade autónoma espanhola é a segunda, depois da de Madrid, mais atingida pela pandemia, tendo desde o início da doença até agora 161.769 casos positivos (896.086 a nível nacional) e 5.883 mortes (33.204).

Reino Unido

O Reino Unido é o país europeu e o quinto a nível mundial, atrás dos EUA, Brasil, Índia e México, com o maior número de mortes de covid-19, tendo contabilizado 43.018 confirmadas por teste e 57.690 quando incluídos os casos suspeitos cujas certidões de óbito fazem referência ao novo coronavírus.

O governo autónomo da Irlanda do Norte decidiu decretar um confinamento de várias semanas, encerrando escolas e o setor da restauração, para tentar diminuir a taxa de transmissão de covid-19.

A partir de sexta-feira, e durante quatro semanas, bares e restaurantes só poderão vender para fora e têm de encerrar às 23 horas, e as escolas vão fechar na próxima semana durante 14 dias, até 2 de novembro, período que inclui uma semana de férias intercalares.

Bélgica

A Bélgica registou 7030 infeções nas últimas 24 horas, em comparação com 2088 na quarta-feira passada, o que coloca a média semanal em 5057 casos diários, um aumento médio semanal de 93%.

Alemanha

A Alemanha regista 5132 novas infeções pelo novo coronavírus, o maior número de novos casos desde abril, de acordo com o Instituto Robert Koch (RKI) de virologia, que na terça-feira tinha indicado 4122 infetados.

Desde o início da pandemia, a Alemanha soma 334.585 infeções confirmadas. Nas últimas 24 horas, foram registados 40 óbitos pela covid-19, o que, segundo o RKI, representa um aumento significativo. Na terça-feira, foram contabilizadas 13 mortes. O número de óbitos por covid-19 durante a pandemia no país é de 9.677 no total.

Polónia

Na Polónia foram registrados na terça-feira (13),  5068 novos casos de infeções e no sábado 5300 casos, numa tendência constante de aumentos desde a semana passada, segundo dados do Ministério da Saúde da Polónia.

Na Europa, o maior número de vítimas mortais regista-se no Reino Unido (43.018 mortos, mais de 634 mil casos), seguindo-se Itália (36.246 mortos, mais de 365 mil casos), Espanha (33.204 mortos, mais de 896 mil casos) e França (32.933 mortos, mais de 756 mil casos). A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e oitenta e um mil mortos e mais de 37,8 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Leia também:

MS/JN

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW