Mundo

Myanmar manda regressar à China avião com caso suspeito de infeção

Myanmar (ex-Birmânia) mandou regressar à China um avião com quase todos os seus passageiros, incluindo dois franceses e dois norte-americanos, após a descoberta de um caso suspeito do novo coronavírus a bordo.

O aparelho, da China Southern Airlines e que transportava 79 pessoas, efetuava a ligação entre Guangzhou (no sul da China) e Myanmar.

Entre os 79 passageiros figuravam dois norte-americanos, dois franceses, dois birmaneses, um colombiano e 72 chineses.

As autoridades birmanesas permitiram unicamente o desembarque de um cidadão chinês e dos dois birmaneses.

Leia mais em JN

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

Close
Close