Mundo

Mundo com recorde de 15.769 mortes por covid-19 em 24 horas

Mundo com recorde de 15.769 mortes por covid-19 em 24 horas-mundo-mileniostadium
The coronavirus has killed at least 1,843,631 people worldwide since the outbreak emerged in China in December 2019, according to an AFP tally on Monday based on official sources. The US is the worst-affected country with 351,590 deaths, followed by Brazil with 196,018. (Photo by Michael DANTAS / AFP)

 

O mundo registou um recorde de mais de 15.700 mortos por covid-19 em 24 horas, segundo a contagem realizada esta quarta-feira pela agência de notícias “AFP”, a partir de dados das autoridades de saúde.

Durante a última terça-feira, registaram-se 15.769 novas mortes. Já a média dos últimos sete dias subiu para 11.400 óbitos diários, um número que se aproxima da pior semana registada até aqui, a de 16 a 22 de dezembro, quando foi contabilizada uma média de 11.700 mortos por dia.

No momento em que as campanhas de vacinação contra a covid-19 alimentam a esperança em alguns países de controlo do avanço da pandemia, o número de mortes diárias registadas no mundo parece ter alcançado o valor mais alto desde o surgimento do novo coronavírus.

A 24 de novembro, o número de mortes semanais superou pela primeira vez o valor simbólico de 70 mil (mais de 10 mil mortes por dia). Apesar das oscilações, esse número não caiu desde então.

Nos últimos sete dias, seis países registaram mais da metade dos mortos no mundo: EUA (19.149 mortes, média de 2.736 por dia), Brasil (5.051, 722), México (4.977, 711), Reino Unido (4.738, 677) Alemanha (4.540, 649) e Rússia (3.679, 526).

No total, desde que a OMS na China informou sobre o surgimento da doença no final de dezembro de 2019, a pandemia já fez pelo menos 1.869.674 de mortos e 86.365.637 casos de infeção no mundo.

JN/MS

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER