Mundo

Joe Biden “devastado” após ataque no Capitólio

US President Joe Biden speaks about the March jobs report in the State Dining Room of the White House in Washington, DC, on April 2, 2021. – The US economy regained a massive 916,000 jobs in March, the biggest increase since August, with nearly a third of the increase in the hard-hit leisure and hospitality sector, the Labor Department reported on April 2, 2021. (Photo by MANDEL NGAN / AFP)

O Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse ter ficado “devastado” após o ataque desta sexta-feira ao Capitólio, em Washington, no qual morreu um agente da polícia depois de ter sido atropelado e esfaqueado.

“Jill e eu estamos devastados por saber do ataque violento num posto de controlo de segurança no Capitólio dos EUA”, disse, num comunicado, ordenando que as bandeiras nos edifícios públicos federais sejam colocadas a meia haste.

Um agente da polícia morreu e outro ficou gravemente ferido na sequência do ataque, que aconteceu menos de três meses depois de os apoiantes de Donald Trump terem atacado a sede do congresso dos EUA.

“Sabemos como são tempos difíceis para o Capitólio, para todos aqueles que lá trabalham e para aqueles que o protegem”, lamentou Joe Biden.

Segundo a chefe da polícia da capital dos Estados Unidos, Yogananda Pittman, em conferência de imprensa, um condutor atropelou dois agentes com o seu carro antes de ter embatido contra uma barreira de segurança.

“Nesse momento, o suspeito saiu da viatura com uma faca na mão e começou a caminhar em direção aos polícias do Capitólio”, precisou Yogananda Pittman.

A chefe da polícia adiantou que o condutor do carro ainda conseguiu esfaquear um dos agentes antes de ser baleado.

“Um dos dois polícias feridos morreu”, disse Yogananda Pittman.

Segundo a polícia, o condutor do veículo ainda foi transportado para o hospital, onde acabou por morrer.

A chefe da polícia da capital dos Estados Unidos disse ainda que este incidente não parece estar relacionado com terrorismo.

O incidente ocorreu esta sexta-feira à tarde na Avenida da Constituição, em Washington, e todos os edifícios do Capitólio e as ruas adjacentes foram fechados.

A segurança do Capitólio continua a ser a prioridade, apesar da recente redução de algumas das medidas de proteção adicionais que foram colocadas em prática após a invasão de 06 de janeiro por parte de apoiantes de Donald Trump, na qual morreram cinco pessoas.

JN

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER