Mundo

Joe Biden deseja “rápida recuperação” ao casal Trump

Joe Biden deseja "rápida recuperação" ao casal Trump
(FILES) In this file photo taken on September 29, 2020 US President Donald Trump and Democratic Presidential candidate and former US Vice President Joe Biden take part in the first presidential debate at Case Western Reserve University and Cleveland Clinic in Cleveland, Ohio. – President Trump announced early on October 2, 2020, that he and First Lady Melania Trump would be going into quarantine after they were both found to have contracted the novel coronavirus. (Photo by SAUL LOEB / AFP)

O candidato democrata à presidência dos EUA, Joe Biden, desejou esta sexta-feira uma “rápida recuperação” ao presidente norte-americano, Donald Trump, e à primeira-dama Melania Trump, que testaram positivo para o novo coronavírus.

“Jill (Biden) e eu enviamos nossos pensamentos ao Presidente Trump e à primeira-dama Melania Trump para uma recuperação rápida”, escreveu o ex-vice-presidente dos Estados Unidos, de 77 anos, numa mensagem publicada na rede social Twitter.

“Continuaremos a orar pela saúde e segurança do presidente e da sua família”, declarou ainda Biden.

O presidente dos Estados Unidos anunciou esta sexta-feira que o seu teste à covid-19 foi positivo, assim como o da mulher, Melania Trump.

“Melania e eu testamos positivo para a covid-19”, escreveu Donald Trump, na rede social Twitter.

“Vamos iniciar imediatamente a quarentena e o nosso processo de recuperação. Iremos passar por isto juntos”, acrescentou.

O médico do Presidente norte-americano, Sean Conley, já confirmou que os dois estão infetados e que “planeiam permanecer dentro da Casa Branca” durante a convalescença.

“Esta noite recebi a confirmação de que o Presidente Trump como a primeira-dama Melania Trump deram positivo para o vírus SARS-CoV-2”, indicou Conley, numa declaração.

Horas antes, Trump tinha anunciado ter feito um teste à covid-19, mas ainda não conhecia o resultado, depois de uma colaboradora próxima ter confirmado estar infetada.

Leia mais no JN

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW