Mundo

Jiadistas executam funcionário de organização na Nigéria

O funcionário nigeriano de uma organização de ajuda humanitária, sequestrado por um grupo jiadista no nordeste da Nigéria, em julho, juntamente como mais cinco pessoas, foi executado.

“O grupo armado, que tinha detido o funcionário da Ação Contra a Fome, e mais dois motoristas e três funcionários do Ministério da Saúde, executou um refém”, afirmou a ONG francesa Ação Contra a Fome (ACF), esta quarta-feira, em comunicado.

A organização “condena de forma veemente o assassinato e pede urgentemente a libertação dos outros cinco reféns, lembrando que estas pessoas se encontravam no nordeste do país apenas para ajudar os mais vulneráveis”.

 

Leia mais em JN

 

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER