Mundo

Espanha, Itália e França retomam a vacina da AstraZeneca

(FILES) This file photo taken on March 11, 2021 shows vials of the AstraZeneca Covid-19 vaccine in Paris. – The EU’s drugs regulator said on March 18, 2021 that the AstraZeneca vaccine was “safe and effective” and was not linked to an increased risk of blood clots. (Photo by JOEL SAGET / AFP)

Espanha retoma a vacinação com a vacina da AstraZeneca na próxima semana. Itália começa já na sexta-feira, no mesmo dia em que o primeiro-ministro francês, Jean Castex, quer vacinar-se para demonstrar que o fármaco é de confiança.

Esta posição de Espanha, Itália e França, depois da anunciada suspensão para avaliação dos riscos face ao reporte de formação de coágulos em pessoas após inoculação com a vacina da AstraZeneca, surge na sequência da decisão da Agência Europeia do Medicamento (EMA, na sigla em inglês), que considerou que esta vacina “é segura e eficaz”.

O regulador da União Europeia concluiu que os poucos casos de formação de coágulos sanguíneos ou episódios trombóticos em pessoas imunizadas com a AstraZeneca (em 20 milhões de vacinados, foram detetados pouco mais de 40 casos) não estão associados ao fármaco anglo-sueco.

O Ministério da Saúde espanhol propôs que a vacina da AstraZeneca volte a ser administrada a partir da próxima semana, numa reunião extraordinária, esta quinta-feira, com as autoridades de saúde.

Entre sexta-feira e sábado será definido quais são os grupos que serão vacinados, estando em análise a possibilidade de ampliar a vacinação a pessoas com mais de 55 anos. No domingo, o Conselho Interterritorial do Sistema Nacional de Saúde anuncia a decisão final.

Em Itália, o primeiro-ministro Mário Draghi anunciou que Itália retoma a vacinação com a AstraZeneca já amanhã, sexta-feira. “O governo italiano acolhe com satisfação a decisão da EMA. A administração da vacina AstraZeneca será retomada amanhã. A prioridade do Governo continua a ser a realização do maior número de vacinações no menor tempo possível”, anunciou.

No mesmo sentido, o primeiro-ministro francês, Jean Castex, vai vacinar-se sexta-feira com a vacina AstraZeneca para demonstrar o fármaco é de confiança após a “luz verde” das autoridades sanitárias europeias.

O anúncio da vacinação do primeiro-ministro foi confirmado ao jornal “Le Figaro” e deve acontecer perante as câmaras de televisão, para reforçar a confiança dos franceses nesta vacina após alguns dias de dúvida devido aos casos de trombose em diferentes países europeus.

JN

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER