Mundo

Emigrante nos EUA faz máscaras com o padrão da bandeira de Portugal

Depois de encerrar as portas do seu salão de beleza em Newington, no estado de Connecticute, e ao aperceber-se da escassez de equipamento de proteção pessoal, Ana Paula Santos sentou-se à máquina de costura e começou a fazer máscaras. Quando o marido, Fernando Gonçalves Rosa, lhe pediu que fizesse uma máscara com o padrão da bandeira portuguesa, “não pude dizer que não”, afirma a cabeleira.

“Nós não tínhamos máscaras e como o meu marido ainda tem de ir ao escritório, apesar de com menos frequência, pus mãos à obra”, explica Ana Paula, a quem a mãe ensinou cedo a arte da costura. “É difícil, quando estamos acostumados a lidar com clientes todos os dias, depois vermo-nos confinados 24 horas em casa”, comenta a emigrante natural de Mira de Aire, que vive desde os 19 anos de idade na América.

Leia mais em JN

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

Close
Close