Mundo

UE anuncia cimeira com Biden em junho

(FILES) In this file photo taken on April 20, 2021 US President Joe Biden delivers remarks on the guilty verdict against former policeman Derek Chauvin at the White House in Washington, DC. – US President Joe Biden is preparing to recognize the World War I-era killings of 1.5 million Armenians by the Ottoman Empire as genocide, US media said on April 21, 2021. (Photo by Brendan Smialowski / AFP)

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, anunciou esta sexta-feira que irá ter lugar, em junho, uma cimeira entre os Estados Unidos e a União Europeia (UE), que contará com a presença do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden.

“Tenho o prazer de anunciar, junto com [a presidente da Comissão Europeia, Ursula] von der Leyen, uma cimeira UE-Estados Unidos com o presidente, Joe Biden, durante a sua viagem a Bruxelas em junho”, lê-se numa mensagem publicada por Charles Michel na sua conta oficial da rede social Twitter.

O presidente do Conselho Europeu acrescenta que os Estados Unidos e a UE estão a “juntar forças” no combate à covid-19 e em matéria de “clima, segurança e multilateralismo”.

Do seu lado, Ursula von der Leyen também disse que “terá o prazer de dar as boas-vindas ao presidente dos Estados Unidos Biden a Bruxelas, para a cimeira UE-EUA, durante a sua próxima viagem à Europa em junho de 2021”.

“Temos muito para fazer juntos, das alterações climáticas ao clima, do comércio e multilateralismo aos desafios geopolíticos”, refere a presidente da Comissão Europeia também no Twitter.

Segundo fontes europeias, na cimeira em questão Joe Biden reunir-se-á com Von der Leyen e Charles Michel, mas não com os líderes dos 27 Estados-membros da UE.

Ainda que não haja data confirmada para a cimeira, o encontro deverá ter lugar por ocasião da cimeira de líderes da NATO a 14 de junho, que também irá ocorrer na capital belga.

O anúncio surge numa altura em que a Casa Branca confirmou que a primeira deslocação de Joe Biden ao estrangeiro será à Europa, no âmbito da cimeira do G7 – entre 11 e 13 de junho na Cornualha, Reino Unido – e da cimeira da NATO.

Contrariamente ao seu predecessor, Donald Trump, Joe Biden tem sublinhado a importância das alianças para a sua administração, tendo mostrado o desejo de “reconstruir e restabelecer” as parcerias dos Estados Unidos”.

JN

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER